Depois de anos com os cabelos lisos lançando tendência, finalmente chegou a vez dos ondulados e cacheados terem seu espaço. Além melhorar a autoestima de quem já tem esse tipo de fio, a moda das madeixas texturizadas permite que todo mundo possa explorar a beleza dos caracóis.

Produtos como babyliss e modeladores de cacho dão forma e volume aos fios, ideal para quem quer se aventurar nessa onda sem aderir aos permanentes. Esses aparelhos alteram a curvatura do cabelo, criando um visual diferente.

O babyliss, aquele em formato de tubo com um clipe lateral para prender os cabelos, possui diversas opções de tamanho e permite criar diferentes estilos. Porém, tende a ser mais demorado e trabalhoso.

Já o modelador de cachos é mais prático, pois tem configurações automáticas, e oferece um resultado mais uniforme. Vai de você escolher qual aparelho prefere!

A equipe do Bleeza testou um modelador de cachos nacional, o modelador Pearl, da Mallory. Vem ver o que achamos do produto!

O que é o modelador de cachos Mallory e para que serve?

O modelador de cachos Mallory tem formato cilíndrico e textura espiralada, com 20mm de diâmetro. É produzido em cerâmica ionizada e alcança até 210°C de temperatura. Ainda possui cabo giratório 360°, indicador luminoso de funcionamento e alça para pendurar.

Ele foi desenvolvido para modelar e cachear todos os tipos de cabelo. A marca promete um “desenho especial para cachos definidos e duradouros”, permitindo dar textura e curvatura ao cabelo.

Como funciona?

O modelador Pearl emite ondas de calor em seu cone de cerâmica ionizada, modelando a mecha no formato espiral do aparelho. Com o calor, o cabelo toma a forma da superfície de contato, criando cachos uniformes.


É bivolt?

Sim, o aparelho possui função bivolt automática, ou seja, não é necessário alterar nenhuma configuração para utilizar em diferentes voltagens.

Modelador de cabelo estraga os fios? Como cuidar?

Assim como o secador e a chapinha, o modelador de cachos atinge temperaturas elevadas que são danosas para os fios, podendo causar pontas duplas, frizz e enfraquecimento. Se você não quer que seu cabelo passe por isso, temos algumas dicas valiosas:

  • Aplique o protetor térmico antes de fazer uso desse tipo de aparelho. O produtinho protege a fibra capilar contra o calor excessivo e ainda contribui para um resultado mais sedoso;
  • Nunca (jamais!) utilize o modelador com o cabelo molhado, pois os fios ficam ainda mais sujeitos aos danos quando úmidos;
  • Evite usar o modelador diariamente, já que o contato direto e frequente com o calor é nocivo aos fios;
  • Use, semanalmente, cremes e máscaras de tratamento, para repor os nutrientes perdidos;
  • Corte regularmente as pontas para eliminar as partes mais danificadas. Mesmo com tantos cuidados, é normal que os fios apresentem algum tipo de dano, especialmente nas pontas;
  • Converse com profissionais de confiança para indicar qual é a melhor opção de produtos e tratamentos para o seu caso.

Como usar?

Para criar os cachos, a empresa recomenda pegar uma mecha, travá-la com a pinça cacheadora que fica na base do aparelho e enrolar a mecha ao redor do cilindro, seguindo a espiral. A indicação é aguardar 15 segundos e então soltar pinça e desenrolar o cabelo. O procedimento deve ser repetido em todas as mechas, até obter o resultado desejado.

Minhas percepções

Eu nunca tinha usado um modelador de cachos antes: usava a chapinha para criar um efeito marcado ou fazia babyliss em salão mesmo (ou usava bobes, mas isso em outros tempos). Portanto, são as percepções de uma pessoa com zero experiência e habilidade para fazer cachos.

Separei alguns tópicos e os avaliei com até cinco estrelas, em que cinco é a nota mais alta. Vamos lá?

Aquecimento

De acordo com a marca, o tempo de aquecimento é de cinco minutos, que eu não considero longo. Geralmente ligo o modelador e, enquanto ele esquenta, vou escovando o cabelo e aplicando um protetor térmico. 

Como cachear os fios é um processo demorado como um todo, não acho o tempo de aquecimento longo em comparação.

Nota: 5/5

Tempo de uso

A indicação é para deixar o aparelho agir por 15 segundos em cada mecha e então soltar. Esse tempo é suficiente para dar forma ao cabelo e mais do que isso é desnecessário (pelo menos para o meu tipo de fio, que é bem fininho). 

Testei deixar por apenas dez segundos e também funcionou para mim, mas pode ser que não dê certo para todo mundo.

Considero um tempo curto e rápido por mecha, porém, como é preciso modelar o cabelo inteiro, o processo acaba demorando um pouco.

Nota: 4/5

Tamanho dos cachos

O tamanho dos cachos é padrão, já que o modelador possui diâmetro único de 20mm. Os cachos formados têm um aspecto meio de boneca, aquele bem juntinho. Eu particularmente não gosto porque acho artificial.

O lado bom é que basta pentear o cabelo com os dedos para os cachos se soltarem e ficarem mais naturais. Também é possível trabalhar a espessura da mecha: ao modelar mechas mais finas, o resultado são cachos bem marcados e finos. Já mechas maiores criam um efeito mais aberto.

Embora eu não goste do resultado inicial proporcionado, acho ótimo que seja possível trabalhar com o tamanho dos cachos, pois isso torna o aparelho versátil. Também é muito fácil controlar o resultado, seja na hora da modelagem ou após terminar.

Nota: 5/5

Manuseio

Este tópico é difícil para mim porque não sei o quanto minha dificuldade foi por conta do modelador ou só culpa da minha inabilidade mesmo.

Para usar, é necessário prender a ponta da mecha na extremidade do modelador, que tem um prendedor acoplado. Depois, é só enrolar a mecha no cone, acompanhando os sulcos em formato de espiral, e esperar 15 segundos.

Como meu cabelo tem comprimento médio (na altura dos ombros), deu para enrolar as mechas bem certinho — não faltou nem sobrou comprimento para uma segunda leva na mesma mecha.

As mechas mais da frente foram tranquilas de modelar, já que com uma mão segurei o modelador e com a outra fui enrolando a mecha. O aparelho tem uma ponta (oposta ao cabo) que não esquenta, o que facilita o manuseio.

Porém, quando fui passando para a parte de trás do cabelo, já estava fazendo acrobacia para dar conta. Apesar de possuir cabo giratório, o aparelho ainda exige ambas as mãos para ser utilizado corretamente, o que dificulta bastante.

Caso a intenção seja fazer cachos apenas nas pontas, o processo mais fácil, já que é possível “organizar” as mechas para que todas estejam acessíveis. Mas se o objetivo é cachear o cabelo desde a raiz, pode ser necessário ter alguém para ajudar.

Nota: 2/5

Aparência e facilidade de uso

O aparelho possui um design compacto e bonito, em tons de branco e dourado. O cabo longo, de dois metros, facilita a utilização. Como falei no tópico anterior, o resultado nas mechas frontais e laterais é satisfatório, rápido e simples de fazer.

Como o problema com a parte de trás do cabelo tem mais a ver com o manuseio e não com o uso em si do aparelho, considero que ele seja fácil de usar. A pinça que prende a ponta da mecha impede que ela se solte e seja necessário reiniciar o processo.

Os sulcos em espiral permitem o encaixe da mecha sem esforço, assim não tem risco dos cachos ficarem desiguais.

Nota: 5/5

Versatilidade

Como expliquei no tópico sobre o tamanho dos cachos, o resultado inicial são cachinhos bem finos, juntos e marcados, mas que podem ser trabalhados para alcançar efeitos diferentes.

Por isso, é uma boa opção para quem gosta de variar no visual, e também para pessoas que queiram compartilhar o modelador com outras pessoas.

Nota: 5/5

O Modelador de Cachos Mallory Pearl é bom?

Sim. É um produto barato, fácil de utilizar e que proporciona bons resultados. É possível encontrá-lo por valores entre R$45,90 e R$59,90*, mais em conta que os preços de babyliss em geral.

Para quem está aprendendo a modelar os cachos, é uma ótima opção para começar sem gastar muito nem sofrer escolhendo diâmetros, controles de temperatura e outras especificidades técnicas.


Você já usou algum modelador de cachos? Conta pra gente o que achou, vamos adorar receber sua opinião!

Se você quer ver a resenha de algum produto aqui no Bleeza, conta pra gente nos comentários!


Julia Willich: Sou redatora do Bleeza e ligada em natureza, por isso adoro produtos naturais, veganos e orgânicos. Só uso cosméticos cruelty-free e sempre levo em conta o impacto ambiental da marca, além de considerar aspectos como qualidade, durabilidade e compatibilidade: no meu caso, produtos para pele seca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *