Conforme o tempo passa, fica cada vez mais evidente que os sinais da idade começam a aparecer na nossa pele. 

Todavia, as rotinas de skincare têm se tornado a melhor amiga das pessoas que querem retardar e evitar o envelhecimento da derme. 

Assim, o uso de dermocosméticos e ácidos nas rotinas de cuidados com a pele vem se tornando cada vez mais comum, devido à renovação das células, formação de colágeno, clareamento da cútis, entre outros. 

Publicidade

Sobre os ácidos, um dos mais famosos no momento é o Retinol, um derivado da vitamina A que promete fazer milagres na pele. 

Índice — neste artigo você vai encontrar: 

  1. O que é retinol e para que serve?
  2. Quais as apresentações?
  3. Como usar produtos com retinol?
  4. O que são retinoides?
  5. Qual a diferença entre retinol e ácido retinoico?
  6. Qual o preço e onde comprar?
  7. Quais os cuidados?
  8. Pode usar retinol todos os dias?

O que é retinol e para que serve? 

O Retinol é um derivado da Vitamina A, responsável pela renovação celular e produção de novas fibras de colágeno e elastina, está relacionada à síntese de colágeno, atuando contra a flacidez, envelhecimento e marcas na pele. 

Essa vitamina possui ação queratolítica, ou seja, ela promove uma pequena esfoliação na derme, o que faz com que a camada mais superficial seja removida. Dessa forma, consequentemente proporciona a renovação celular. 

Também prepara a pele para receber outros produtos e ativos diferentes, melhorando a absorção dos dermocosméticos e tratamentos. 


Além disso, ela auxilia na redução de linhas finas, na melhora da pele, bem como no tratamento de acne e lesões causadas por ela.

Quais os efeitos do retinol no rosto?

O retinol é um dos ativos mais usados para a prevenção do envelhecimento precoce, vez que ele auxilia na redução de rugas, uniformiza o tom da pele, promove renovação celular, bem como melhora o aspecto da derme. 

Além disso ele, preenche rugas e diminui as linhas finas e algumas linhas de expressão. Ele também estimula a produção de colágeno, o que faz com que a cútis fique mais firme.

Quais as apresentações?

Diversas apresentações podem ser encontradas para os derivados da vitamina A, podendo eles serem comercializados em dermocosméticos ou medicamentos. Algumas das formas mais encontradas são: 

  • Retinol Creme: esse tipo é sempre um dermocosmético e, geralmente, mais leve e combinado com outros ativos, o que evita os efeitos colaterais na pele, como a descamação;
  • Retinol Serum: assim como o creme, o sérum é um dermocosmético mais leve e combinado com outro ativo mais hidratante, o que faz com que ele não seja tão abrasivo para a pele;
  • Retinol Pomada: a forma de pomada é normalmente composta pelo ácido retinol puro. Nesse caso, ele é tratado como um medicamento tarjado e só pode ser comercializado com expressa indicação do(a) dermatologista, vez que os efeitos colaterais são mais altos. 

Como usar produtos com retinol?

Por ser um ativo que ajuda a pele a receber outros tratamentos, deve ser utilizado na pele limpa e seca, preferencialmente antes do hidratante. 

Ele atua como um esfoliante químico na pele, removendo as células queratinizadas da pele, desobstruindo os poros e melhorando a absorção de outros produtos. 

É importante mencionar que se sua pele for sensível, você pode utilizar um sérum antes do retinol para evitar descamação intensa da derme. 

Ademais, os dermocosméticos com retinol devem ser utilizados preferencialmente à noite, vez que são fotossensíveis, ou seja, se expostos ao sol podem causar manchas e irritações na derme.  

Já os medicamentos com ácidos retinoicos só devem ser utilizados a noite, já que nesse caso, são fototóxicos, que resultam na liberação de energia por agentes fotossensibilizantes e podem causar danos à pele em longo prazo. 

Porém, as reações são locais, apenas nas partes expostas ao agente fotossensibilizante. Por isso é sempre importante ficar de olho na composição do seu tratamento para evitar inconvenientes.

Por fim, seja cosmético, medicamento ou peeling com retinoides, é importante sempre fazer o uso do protetor solar regularmente. 

O que são retinoides? 

Os retinoides são os tipos de derivados da Vitamina A. Eles  têm diversas apresentações, podendo ser na forma pura ou menos concentrado. Os mais comuns e facilmente encontrados são:

  • Isotretinoína: esse derivado de vitamina A é mais utilizado nos casos graves e resistentes de acne. Esse ativo só pode ser utilizado com orientação médica devido aos seus efeitos secundários. 
  • Tretinoína:  é indicada para casos de acne, cravos e espinhas. Também é um poderoso ativo para o tratamento de linhas de expressão, manchas, envelhecimento precoce e fotoenvelhecimento. Esse derivado só pode ser comercializado com orientação do dermatologista. 
  • Retinol: é o derivado mais fácil de ser encontrado em dermocosméticos. Ele atua prevenindo e diminuindo linhas finas, diminuindo poros e melhorando a aparência da derme. 

Embora alguns tipos de retinoides sejam comercializados livremente, é sempre importante procurar o auxílio de um dermatologista que vai avaliar o seu caso e prescrever o melhor tratamento para a sua pele, evitando os efeitos colaterais. 

Publicidade

Qual a diferença entre retinol e ácido retinoico?

O ácido retinoico ou tretinoína é a forma oxidada da vitamina A, ou seja, é a forma estável do ativo. 

O retinol tem capacidade menor de receptores do que o ácido retinoico, por isso ele é mais suave para a derme. 

Já o ácido retinoico têm a eficácia de um ácido propriamente dito, sendo capaz de melhorar e compactar a camada córnea, proporcionando aspecto mais homogêneo na pele.

Esse ativo não é indicado para as peles sensíveis, vez que pode acabar apresentando uma série de efeitos colaterais, como irritação, vermelhidão, e até descamação da pele. 

Por fim, o  ácido retinoico não pode ser utilizado em dermocosméticos. Por ser um ácido que pode causar danos à derme, ele tem a forma de medicamento e só pode ser comercializado com prescrição do(a) dermatologista.

Qual o preço e onde comprar? 

Existem diversas marcas que comercializam retinoides para a pele, cada um com sua proposta e suas características. O ideal é procurar um(a) dermatologista para avaliar qual é a sua necessidade e te ajudar a encontrar o melhor produto. Algumas marcas conhecidas são: 

La Roche Posay

O produto mais conhecido da marca é o Redermic R que foi desenvolvido especialmente para oferecer um tratamento intensivo para reduzir as rugas acentuadas, além de melhorar a textura e tonalidade da pele.

A fórmula do produto conta com Retinol puro , que estimula a produção das fibras de sustentação da pele e promove intensa ação contra os sinais do envelhecimento.

Além disso, possui a associação de um complexo retinoide (Linoleato de Retinila + Adenosina), que vai potencializar a ação do Retinol, reforçando a sua eficácia sem comprometer a tolerância.

A La Roche Posay recentemente lançou outro dermocosmético à base de retinol para peles sensíveis, o Retinol B3. 

Ele também contém Retinol puro, associado a um complexo suavizante que reduz a irritabilidade da derme, preserva a barreira cutânea e aumenta a hidratação. 

Vichy 

O Vichy Liftactiv Retinol HA Advanced contém Retinol puro em sua composição com ação anti-idade.

Ele promove hidratação enquanto corrige rugas, previne linhas finas e uniformiza o tom da pele, além de promover sensação de pele macia e lisinha. 

A composição ainda leva ácido hialurônico, que preenche as linhas finas, auxilia na prevenção do envelhecimento precoce e retém a água da derme. 

Adcos 

A Adcos conta com o Derma Complex Retinol + Hialurônico em sua linha de dermocosméticos. 

Ele tem dois tipos de retinóides e a ação do ácido hialurônico na composição que reduzem de maneira considerável o número de rugas e a profundidade delas, devido ao efeito preenchedor. 

Ainda, rejuvenesce a cútis de dentro para fora, também reorganiza e estrutura a sustentação da pele.

Stiefel

Falando um pouco sobre a forma mais abrasiva dos retinóides, existe o Vitanol-A, um medicamento à base de tretinoína, ativo da família da vitamina A. 

É um tratamento tópico indicado para linhas de expressão, manchas e asperezas da pele facial, características do envelhecimento da pele causadas pelo sol. 

O produto também auxilia no tratamento da acne, especialmente a leve ou de grau I, em que predominam os cravos e espinhas. 

Publicidade

O Vitanol-A só pode ser prescrito e comercializado com expressa recomendação do médico dermatologista. 

Quais os cuidados?

Quando usamos tratamentos mais intensos para a pele, é comum que cause algum tipo de sensibilidade. Porém quando inserido algum tratamento fotossensível ou até mesmo fototóxico, os cuidados devem ser redobrados. 

Com o uso de retinoides, o principal cuidado que se deve ter é com a exposição ao sol, vez que os produtos devem ser utilizados apenas  à noite. 

Já na rotina da manhã, é necessário higienizar bem a pele para tirar os resíduos do ácido e utilizar protetor solar com FPS de no mínimo 30 todos os dias, mesmo que não haja exposição ao sol para evitar danos à pele. 

Como a pele fica mais sensibilizada devido ao ativo, é ideal manter a hidratação em dia e apostar em cremes mais potentes para evitar e diminuir o ressecamento da cútis. 

Pode usar retinol todos os dias?

Sim. Para obter os resultados do uso de retinoides, o ideal é fazer um tratamento contínuo, principalmente para diminuir linhas finas e evitar o envelhecimento precoce. 

É importante que se você nunca usou produtos com retinol, o ideal é começar com aqueles menos potentes, ou com ativos mais ativos na composição para não sensibilizar tanto a região. 

Também vale ressaltar, que no início do tratamento, o(a) dermatologista pode indicar o uso em dias alternados para testar a tolerabilidade da pele e evitar a descamação. 

O ideal é procurar a ajuda de um profissional que vai avaliar o seu tipo de pele e o tratamento adequado para você, seja um dermocosmético, o ácido puro ou até mesmo um peeling. 

Lembrando que esse ativo deve ser utilizado apenas à noite e não se pode esquecer de utilizar o filtro solar diariamente. 


Adotar cuidados com a pele que seja adequado para as suas necessidades é o passo mais importante para manter a pele jovem e saudável. 

Assim,  o uso do retinol pode ser uma ótima aposta de tratamento para evitar o envelhecimento precoce da pele.  

Você já usou algum produto com retinol ou tem mais alguma dúvida sobre esse ativo? Conta pra gente aqui nos comentários e continue acompanhando o Bleeza para ficar por dentro de conteúdos sobre beleza e resenhas!


Camila Nabosne: Sou redatora do Bleeza e o mundo da beleza tem todo o meu amor. Por ter pele extremamente seca, gosto de testar produtos diferentes que atendam a minha necessidade. Na hora da compra sempre levo em conta as tendências, mas sem deixar de lado o posicionamento e ideologia da marca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *