Os iluminadores não são considerados itens essenciais na maquiagem, mas há quem não viva sem eles.

Produtos para iluminar o rosto dão destaque para as áreas que queremos realçar, ressaltando os pontos fortes.

Esse tipo de produto também ajuda a dar aquela “cara de saúde”, oferecendo brilho saudável para a pele.

O iluminador não tem contraindicação: pode usar durante o dia ou à noite, em todos os tipos de pele.

Mesmo quem sofre com pele oleosa pode apostar no iluminador. O segredo é dar destaque aos pontos certos do rosto, para não deixar a pele com aspecto gorduroso.

O efeito do iluminador pode ser sutil ou carnavalesco. A diferença está no produto em si e na forma de aplicação.

Eu tenho a pele opaca e não vivo sem produtos iluminadores. Resolvi testar o Iluminador Ruby Rose Glowing 3 e te conto aqui minhas impressões. Vem saber mais sobre esse produtinho!

Índice – nesta resenha você encontrará as seguintes informações:


  1. Para que serve a Paleta de Iluminador Ruby Rose?
  2. Composição
  3. Preço e onde comprar
  4. Como usar
  5. Minhas impressões
  6. É bom?
  7. Qual é a melhor cor de iluminador?

Para que serve a Paleta de Iluminador Ruby Rose?

A marca explica que o produto foi produzido “especialmente para iluminar qualquer característica facial que você deseja destacar”. Veja o que mais a Ruby Rose diz sobre a Paleta de Iluminador Glowing 3:

“O produto conta com 3 iluminadores nudes light essenciais para o seu dia a dia. A paleta possui o tamanho compacto, dessa forma você poderá levá-la para onde quiser.”

Ou seja, o conjunto oferece três tonalidades discretas. O portfólio de iluminadores da marca ainda inclui as Paletas de Iluminador Glowing 1, 2 e 4, com tons variados.

Os iluminadores da paleta Glowing 3 são em pó e podem ser aplicados com um pincel ou com os dedos. A paleta é compacta — cabe na mão—, com tampa tipo flip-top, aquela que abre para cima sem desencaixar do estojo.

Segundo a marca, o produto não é testado em animais, levando o selo Not Tested On Animals na embalagem. A marca Ruby Rose está na lista da organização PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) como uma companhia Cruelty-Free.

Composição

A formulação da Paleta Glowing 3 leva componentes responsáveis por dar brilho à pele. Também possui ingredientes hidratantes, conservantes e fragrância. A composição é isenta de parabenos. Confira a lista completa dos ingredientes:

Bismuth Oxychloride, Magnesium Stearate, Petrolatum, Isononyl Isononanoate, Caprylic – Capric Triglyceride, Squalane, Paraffinum Liquidum, Diglyceryl Adipate-Caprate-Caprylate-Hydroxystearate-Isostearate-Stearate, Phenoxyethanol, Ethylhexylglycerin, Parfum, Benzyl Benzoate, Linalool.

Não tem problema se você não sabe o que esses nomes significam. Fui atrás de cada um deles para descobrir suas utilidades e o impacto desses ingredientes na pele:

  • Bismuth Oxychloride/ Oxicloreto de bismuto: composto inorgânico usado para dar uma cor perolada iridescente, também conhecido como “pérola sintética”. Pode causar irritação por conta de sua estrutura cristalina, que pode obstruir os poros e “cutucar” a pele;
  • Magnesium Stearate/ estearato de magnésio: tem função lubrificante, diminuindo a fricção entre os grânulos. É responsável pela consistência do produto e é considerado seguro para a pele;
  • Petrolatum: derivado do petróleo, é um eficiente hidratante para a pele;
  • Isononyl Isononanoate: ingrediente sintético extraído do cacau e da lavanda. Funciona com emoliente e suavizante na pele;
  • Caprylic – Capric Triglyceride/ Triglicerídeo de ácido cáprico-caprílico: emoliente lipídico derivado do coco e combinado com glicerina. É responsável pela aderência na pele, proporcionando aos cosméticos toque seco, espalhabilidade e resistência à oxidação. É considerado comedogênico;
  • Squalane/ esqualano: rico em ácidos graxos, é a versão saturada do esqualeno, sebo produzido naturalmente pela derme. É altamente hidratante mas, por ser saturado, pode levar ao surgimento de espinhas;
  • Paraffinum Liquidum/ parafina líquida: semelhante ao Petrolatum, é um óleo mineral derivado do petróleo. É não comedogênico e muito usado para reter a hidratação da pele;
  • Diglyceryl Adipate-Caprate-Caprylate-Hydroxystearate-Isostearate-Stearate: ingrediente condicionante e emoliente;
  • Phenoxyethanol/ fenoxietanol: estabilizante e conservante que preserva os produtos. Quando usado em grande quantidade (acima de 1%, quantidade máxima recomendada pelos órgãos competentes), pode ter efeito tóxico;
  • Ethylhexylglycerin/ etilhexilglicerina: conservante derivado da glicerina usado como alternativa aos parabenos;
  • Parfum/ perfume: responsável pela fragrância dos produtos;
  • Benzyl Benzoate/ benzoato de benzila: ajuda na fixação da fragrância. Pode causar irritações e é tóxico para gatos;
  • Linalool/ linalol: fragrância sintética extraída da lavanda e do coentro. Pode causar alergia e sensibilidade.

É bom lembrar que os ingredientes podem ter funções diferentes conforme o produto e que cada pessoa reage diferente a eles.

Preço e onde comprar

No site da marca, a Paleta de Iluminador Glowing em todas as suas versões (do 1 ao 4), custa R$ 11,99*.

Para quem prefere adquirir o produto em lojas físicas, a Ruby Rose disponibiliza seus produtos em estabelecimentos que vendem cosméticos multimarcas e em algumas farmácias.

*A pesquisa de preços foi realizada no dia 29/05/2019. Os valores podem sofrer alterações.

Outras opções de iluminador da Ruby Rose

É possível encontrar mais 12 versões de iluminadores da Ruby Rose, em diferentes acabamentos. Olha só as outras opções que a marca oferece:

  • Pó Iluminador To Glow (cores Adorable, Fancy, Pretty, Precious, Spicy e Hottie);
  • Iluminador Shimmer Brick (cores Peachy, Rose, Bronze e Brick 1);
  • Iluminador Glow Your Skin (cores Dark e Light);
  • Baked Highlighter Powder (cores Dourado, Bronzer e Rose Gold);
  • Iluminador Sunset Highlighter (cores Dark e Light);
  • Iluminador Pocket (versões Angel Flash, Magic Happen, Shine Brighter e Light My Fire);
  • Pó Iluminador Bare Skin (cores 1, 2, 3 e 4);
  • Paleta Pocket Beach Bunny;
  • Iluminador Highlighter Palette;
  • Iluminador A Kiss of The Light (cores 1, 2, 3, 4, 5 e 6);
  • Paleta de Iluminador Right From The Heart;
  • Iluminador Glow Duo Highlighter (cores 1, 2, 3 e 4).

Como usar a paleta de iluminador?

A marca recomenda aplicar “nos pontos que deseja destacar, como queixo, nariz, maçãs do rosto, testa”, após a finalização da maquiagem. Esses pontos tendem a valorizar o rosto, então você pode começar por eles aos pouquinhos e, se for o caso, ir além.

A aplicação é bem simples: basta uma camada de iluminador nas regiões escolhidas. Eu tentei aplicar com pincel, mas preferi usar os dedos mesmo.

Peguei um pouquinho de produto no dedo anelar (nosso dedo mais leve) e transferi para a pele, pegando mais um pouco sempre que aplicava em outra parte do rosto. Ou seja, uma leva para o nariz, outra para a maçã esquerda, mais uma para a maçã direita e assim por diante.

Apesar da marca indicar que o produto pode ser usado para afinar o rosto, o acabamento brilhante pode prejudicar esse efeito. Os tons mais escuros podem substituir o bronzer, mas o contorno fica melhor quando feito com produtos opacos, o que não é o caso aqui.

Onde passar iluminador?

As áreas mais indicadas para aplicação do iluminador são o C do rosto (região externa que liga a maçã à sobrancelha), o V da boca, a ponte do nariz e o cantinho interno dos olhos. Temos algumas dicas para você arrasar na aplicação do iluminador, anota aí:

  • Iluminar o cantinho interno dos olhos dá a ilusão de distância, ótima opção para quem tem os olhos muito juntos;
  • Tons claros dão a ilusão de aumento. Portanto, se você quer disfarçar alguma parte do rosto, passe longe do iluminador;
  • Aplique iluminador naquele ossinho abaixo das sobrancelhas para dar profundidade ao olhar;
  • Cuidado ao iluminar os arredores da boca. Enquanto um pouquinho de produto vai dar a ilusão de volume, muito iluminador perto dos lábios pode ficar parecendo saliva;
  • Para um efeito marcado, aplique o iluminador com um pincel pequeno. Já um pincel fofo vai distribuir melhor o produto e deixar o acabamento mais natural;
  • Quem tem pele opaca pode usar iluminador sem medo, inclusive na testa e queixo. Mas quem sofre com o brilho natural excessivo deve iluminar apenas os pontos-chave do rosto;
  • Passe iluminador também no colo para um efeito poderoso. Use um pincel grande para distribuir bem;
  • Iluminadores na tonalidade champagne tendem a ficar bem em qualquer tom de pele.

Minhas impressões

Observei alguns aspectos enquanto testava o Iluminador Ruby Rose e conto os principais aqui. Cada tópico ganhou uma nota de 1 a 5, em que 1 é o pior resultado e 5, o melhor.

Fixação

O produto adere bem à pele. Uma única camada já é suficiente para dar o efeito iluminado. Ele “gruda” melhor na pele hidratada, então o efeito no rosto com base sequinha não foi tão intenso.

Nota: 4

Durabilidade

Testei o iluminador na pele limpa (ele sozinho) e com maquiagem, incluindo base e BB Cream. Em todos os casos notei que a duração é mediana. O efeito vai sumindo ao longo do dia, ficando cada vez mais fraco.

A durabilidade do produto na pele não chega a ser baixa, mas não resiste a um dia inteiro. Se passo de manhã antes de sair de casa, vejo que o efeito já está mais suave na hora do almoço e sumiu totalmente quando volto à noite.

Nota: 3

Textura

Super macia, fácil de espalhar, não esfarela nem escorre pelo rosto. Aprovadíssima!

Outro ponto a favor é que ela tem consistência de pó. Enquanto os iluminadores líquidos e cremosos deixam aspecto molhado, o pó dá um efeito mais contido. Ideal para quem tem medo de pesar a mão e ficar com o rosto oleoso.

Nota: 5

Embalagem

O tamanho compacto é prático para levar na bolsa e a quantidade de produto é adequada para o dia a dia. Não é tanto a ponto do iluminador passar da validade antes de acabar, nem tão pouco que mal dê para o gasto.

A tampa é daquelas que abrem para cima e travam na base. Levei a paleta na bolsa e não tive problema nenhum, ela não abriu nem nada.

Minha única crítica é ao tamanho de cada cor. Embora a quantidade seja suficiente, o tamanho pequeno dificulta a passagem do pincel. Nada que me faça desaprovar o produto, só atrapalhou um pouco.

Nota: 4

Transferência

Como falei no tópico da durabilidade, achei que o iluminador vai sumindo aos poucos da pele. Mas não achei que ele transfere: claro que sai se você esfregar, mas passando a mão ou um pedacinho de papel não transferiu nada. Se você tiver interações humanas normais, não precisa se preocupar!

Nota: 5

Efeito

Pra mim, esse é o ponto mais importante a ser analisado em um iluminador. O brilho que ele proporciona não é aquele holográfico furta-cor nem o estilo molhado, é uma coisa mais reluzente. Se você curte acabamentos mais suaves, pode apostar sem medo.

Eu, particularmente, gosto do efeito Globeleza para sair, então preferi usar o iluminador durante o dia, quando dou preferência a produtos mais leves.

Achei que ele ficou natural sem deixar de aparecer. Um efeito discreto, mas visível. Uma boa opção para usar no trabalho, no shopping ou no parque.

Nota: 5

Cor

A paletas Glowing da Ruby Rose possuem três cores cada. A número 3, que foi a que usei, tem um tom rosado, outro dourado e um mais puxado para o marrom. As cores são bem diferentes entre si, então pode ser que alguma não dê certo e nem seja usada.

Minha pele é bem branquinha com uma tonalidade um pouco avermelhada, então o iluminador mais rosinha deu super certo. Iluminou a pele de um jeito saudável, parecendo viço mesmo.

Porém, as outras duas cores ficaram tão escuras que minha pele parecia suja, não iluminada. Preferi usar como sombra, criando um efeito mais discreto. Acredito que se as cores fossem mais parecidas, poderia ter usado todas para criar efeitos diferentes.

Nota: 3

O iluminador Ruby Rose é bom?

Sim. Ele dá um efeito bonito, discreto e eficiente. O produtinho também é fácil de aplicar e não é caro, perfeito para quem está começando a se aventurar com iluminadores.

Mencionei acima que a duração do produto na pele deixava a desejar. Levando em consideração que o iluminador é barato e vem em grande quantidade, isso não chega a ser um problema. Considerando a relação custo-benefício, achei o produto bem digno como um todo.

Tenho pele seca, então apliquei iluminador no rosto todo e não fiquei com aspecto oleoso. Acredito que quem sofre com a oleosidade pode dar preferência a uma aplicação mais contida.

Não é o tipo de iluminador que eu usaria em uma festa, porque ele tem um efeito mais natural. Acho uma boa opção para quem prefere um acabamento mais leve.

À noite o efeito é bem suave, ficando mais intenso sob a luz, e mesmo assim nada exagerado.

Se você, como eu, gosta de brilhar no escuro, pode investir no produtinho para ocasiões informais. Mas se o seu estilo é clean, aposte sem restrições!

Dicas: qual é a melhor cor de iluminador?

Cada tom (e subtom) de pele responde melhor a uma cor de iluminador. Ainda que não existam regras, apostar na tonalidade errada pode deixar a maquiagem artificial. O ideal é que quanto mais clara a pele, mais claro seja também o iluminador.

As versões frias ficam melhor para as branquinhas, enquanto as morenas podem investir no dourado. Que tem pele negra pode apostar nos tons quentes, tipo cobre e bronze.

O ideal é sempre testar antes de usar, até porque não existe receita mágica. Você pode inclusive escolher cores diferentes conforme a ocasião e o grau de bronzeamento da sua pele.

Essas sugestões são apenas isso: sugestões. O importante é você usar aquilo que gosta e que te faz sentir bem!


E aí, gostou da nossa resenha do Iluminador Ruby Rose? Conta pra gente o que você achou!

Se você também já usou esse produtinho, vamos adorar saber sua opinião. Comente falando da sua experiência para ajudar os outros usuários!

Se você tiver uma sugestão de produto que gostaria de ver uma resenha aqui, pode sugerir nos comentários também. Sua opinião é muito importante para nós 🙂


Julia Willich: Sou redatora do Bleeza e ligada em natureza, por isso adoro produtos naturais, veganos e orgânicos. Só uso cosméticos cruelty-free e sempre levo em conta o impacto ambiental da marca, além de considerar aspectos como qualidade, durabilidade e compatibilidade: no meu caso, produtos para pele seca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *