Os pincéis são utensílios que facilitam muito na hora de arrasar e criar a maquiagem perfeita para qualquer ocasião.

Não existe regra para usá-los, todavia, na hora de comprar o acessório, há alguns atributos que podem ser comparados para obter o acabamento desejado.

Além do formato, o tipo de cerdas interfere no resultado da produção. As cerdas sintéticas, por exemplo, geralmente deixam a make mais intensa e o produto mais pigmentado na pele, já as cerdas naturais, depositam menos produto e possibilitam uma make mais leve.

Com tantas opções de pincéis no mercado, o Bleeza vai explicar cada tipo e te ajudar a não sofrer na hora de escolher o pincel ideal.

Quais os tipos de pincel que existem? 

Muita gente gosta dos pincéis e acha que eles facilitam a aplicação dos produtos, além de  tornar a make mais profissional.

Para quem não tem familiaridade com as etapas da preparação de pele completa, é legal conhecer os pincéis que são mais utilizados e decidir qual se adequa melhor às necessidades e ao dia a dia. 

O ponto inicial é saber sobre os materiais utilizados para a fabricação dos pincéis, podendo ser eles sintéticos ou naturais. 

Os pincéis de cerdas artificiais são geralmente utilizados para aplicar produtos líquidos e cremosos, vez que não absorvem os fluidos e entregam maior cobertura. 


Já os naturais são ideais para aplicar as maquiagens em pó, já que, por terem cerdas mais soltinhas, promovem um acabamento mais natural.

Agora para quem quer uma make completa, vamos explicar os tipos de pincéis mais utilizados: 

  • Língua de gato: é ideal para aplicar produtos líquidos e cremosos. Proporciona alta cobertura e precisão, porém pode deixar a pele com aspecto marcado. O ideal é dar acabamento com uma esponja úmida; 
  • Duo Fiber: possui os dois tipos de cerdas, é ideal para aplicar produtos líquidos e cremosos, deixando um aspecto mais leve e natural; 
  • Kabuki: possui cerdas  juntas e firmes que proporcionam cobertura completa de forma rápida; 
  • Pincel angular: muito utilizado para fazer contorno, uma vez que encaixa perfeitamente nas laterais ao rosto, tem cerdas mais abertas que proporcionam um efeito leve e natural;
  • Pincel para pó: um dos pincéis mais conhecidos, tem cerdas macias e volumosas, além de formato grande, facilitando a aplicação e deixando o acabamento natural;
  • Pincel para blush: tem cerdas soltas e macias que se encaixam perfeitamente nas bochechas proporcionando resultado leve; 
  • Pincel chanfrado: contém cerdas duras e curtas, além de corte chanfrado, ideal para delinear ou criar pequenos traços nos olhos; 
  • Pincel para esfumar: possui cerdas menores e macias, ideais para esfumar a maquiagem dos olhos rapidamente, além disso, os tamanhos maiores podem ser utilizados para aplicar corretivo abaixo dos olhos ou ainda iluminador; 
  • Pincel de sombra: tem cerdas firmes e pequenas para depositar a sombra ou fazer um leve esfumado no côncavo; 
  • Pincel Vassourinha: indicado para aplicar iluminador nas têmporas e regiões de preferência, vez que tem cerdas finas e longas que remetem a um leque ou vassoura.

Os sintéticos absorvem menos produto líquido e são geralmente mais utilizados para aplicar maquiagens com alta pigmentação, uma vez que entregam maior concentração de produto. 

Como são feitos os pincéis de cerdas naturais e sintéticas?

As cerdas naturais, como o próprio nome já diz, são feitas com pelos naturais. Geralmente são utilizados pelos de animais como marta kolinsky, também conhecido como mink, gambás e até mesmo porcos e vacas. 

De maneira geral, os fios naturais que são colocados nos pincéis são apenas os que caem do animal, porém, muitas vezes os pelos são retirados dos animais mortos. 

São feitos de regiões específicas e macias da pelagem, por isso, esse tipo de pincel é caro pois os pelos são coletados artesanalmente. 

Por outro lado, as cerdas artificiais em geral são produzidas de filamentos de nylon extrudado e poliéster, por isso, esse tipo de pincel mesmo após anos de uso continua no seu formato original. 

Quais opções e marcas disponíveis?

Nem todos os pincéis possuem opções sintéticas e naturais para a mesma função, porém listamos algumas opções e marcas conhecidas.

As opções sintéticas incluem:

As marcas mais conhecidas por venderem pincéis de cerdas naturais são a Sigma Beauty e a MAC cosmetics, as duas oferecem pincéis com os dois tipos de cerdas com muita qualidade.

Entre as opções de produtos com cerdas naturais estão:

É importante mencionar que em caso de dúvidas sobre o material utilizado no produto em caso de não especificado pela marca, é ideal entrar em contato com ela para ter certeza que são naturais e não foram extraídos de forma cruel dos bichinhos.

No caso dos pincéis mais fofinhos, como os de pó, podem ser encontrados nas versões naturais e sintéticas, já no caso dos mais compactos, como os de base, normalmente são fabricados de material sintético.

Comparativo: diferença entre cerdas sintéticas e naturais na maquiagem

Na hora da maquiagem, é importante saber o resultado que quer alcançar para definir quais tipos de pincel usar em cada etapa.

Se o resultado pretendido for mais natural e sofisticado, o ideal são aqueles com cerdas naturais, uma vez que estes depositam menos produto na pele e acabam por deixar um acabamento mais natural.

Já se a intenção for uma make marcada e intensa, é indicado os sintéticos, vez que  promovem maior precisão e aplicam maior quantidade de produto na pele, promovendo um acabamento intenso. 

Eu particularmente gosto de misturar os dois tipos de cerdas e obter resultados diferentes em uma mesma produção.

Para aplicar a base eu prefiro utilizar o pincel kabuki de cerdas sintéticas, vez que ele entrega a cobertura que eu preciso de maneira rápida, sem sugar todo o meu produto. 

Na hora de aplicar blush, contorno e pó, a minha escolho sempre os pincéis fofinhos e de cerdas naturais, já que resultam em um aspecto leve na make, o que me deixa mais confortável.

Aplicação

Tantos as cerdas artificiais quanto as de animais proporcionam aplicação uniforme e eficiente, porém os sintéticos com maior precisão e pigmentação e os naturais com com menos produto, deixando o look suave e natural. 

Maciez  

Quando se falava em pincéis de cerdas sintéticas se pensava em pincéis duros e grosseiros, que agridiam a pele. 

Com os avanços da indústria, hoje em dia podemos ter cerdas naturais e sintéticas com qualidade muito semelhante, proporcionando a mesma maciez e eficiência, sem irritar a pele. 

Espalhabilidade

É importante lembrar que quanto mais macio for o pincel, menos produto ele aplica, porém esfuma muito mais. E quanto mais densas as cerdas, mais intensa a cor, entretanto, menos precisão para esfumar.

Dito isso, vai depender muito do resultado pretendido para o look. Os dois tipos de cerdas têm ótima espalhabilidade, todavida, de maneiras diferentes. 

Durabilidade

No quesito durabilidade, é importante mencionar que as cerdas naturais são como perucas, se cuidadas, higienizadas e armazenadas cuidadosamente duram uma vida inteira.

O mesmo acontece com os pincéis sintéticos, porém algumas vezes eles podem perder volume de cerdas e precisão.

Custo benefício

Se comparado aos pincéis de cerdas naturais, os sintéticos valem muito a pena. 

Primeiramente, eles são veganos e não precisam de pelos de animais para serem produzidos, também são facilmente encontrados em lojas diversas e com preços variados. 

Os dois tipos depositam o produto e espalham de formas muito semelhantes, porém os sintéticos são mais fáceis de limpar, já que não necessitam cuidados especiais com as cerdas.

Além disso, são simples de serem armazenados e dificilmente perdem o formato original. 

Preço

Os preços variam significativamente entre os dois tipos. Os sintéticos podem ser encontrados entre R$2,99 a mais de R$300 reais, dependendo da função do pincel e da marca. 

Já os de cerdas naturais podem variar de R$100 até R$300, dependendo da marca e sobretudo do tipo de pelagem do pincel.

Facilidade de comprar

Os pincéis sintéticos são facilmente encontrados em lojas e sites de maquiagem ou farmácias. Muitas marcas brasileiras, como Macrilan e Vult, entregam qualidade e preço justo, além de serem encontrados em todos os lugares. 

Já os pincéis naturais são encontrados em sites e lojas específicas, normalmente fora do Brasil e com preços elevados. 


Você já usou pincéis de cerdas sintéticas e naturais? Conta pra gente aqui embaixo qual foi a sua experiência com os produtos e qual você se identifica mais na hora de se maquiar.


Bleeza: Somos um time de especialistas em conteúdo digital, apaixonado por produtos de beleza! Escrevemos resenhas completas com informações técnicas e análises individuais das experiências de uso de cada produto. Acreditamos na beleza compartilhada e no consumo consciente ❤

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *