A massagem linfática (ou drenagem linfática) produz movimentos que tentam imitar o bombeamento fisiológico, aumentando assim a oxigenação dos tecidos.

Por esse motivo, ela ajuda a reduzir o inchaço (edema), causado pelo excesso de líquido (linfa) que se acumula entre as células do corpo. 

Esse líquido nada mais é do que o plasma (componente do sangue pobre em proteínas) que escapa da corrente sanguínea e vai para o tecido subcutâneo (sob a pele).

O sistema linfático é responsável por purificar e transportar novamente esses líquidos dos tecidos para o sistema circulatório, através dos vasos linfáticos. 

Vamos descobrir a seguir um pouco mais sobre ela, que pode ser uma poderosa aliada no alívio do tão incômodo inchaço.

Como fazer massagem linfática?

A massagem linfática pode ser feita de forma manual ou mecânica (com o auxílio de aparelhos), o que não diferencia seus benefícios. 

Por ser uma técnica bem específica utilizada como um tratamento, a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda que seja feita por profissionais especializados.

Manual

A massagem linfática manual é bem diferente de outros tipos de massagens, pois utiliza pressões manuais suaves, lentas e rítmicas que obedecem o trajeto do sistema linfático superficial. 


Os movimento são suaves, para não ter o risco de causar inflamação nas veias e formação de coagulação no interior dos vasos sanguíneos. 

Eles podem ser feitos com o polegar, de forma repetitiva, e também com as mãos em forma de concha, em movimentos lentos e de compressão leve.

Os locais a serem aplicadas as técnicas são: 

  • Pernas: os movimentos começam mais lentos e vão ganhando intensidade, indo das canelas até a parte posterior dos joelhos (fossa poplítea) e das coxas até a virilha;
  • Barriga: o movimento deve ser feito indo em direção à virilha; 
  • Braços e tórax: os movimentos vão a caminho das axilas.

Muitos profissionais gostam de utilizar o bambu como material auxiliar para a drenagem. Isso porque eles acabam atuando como um prolongamento dos dedos, o que aumenta o alcance dos toques.

É importante ter atenção, pois outras técnicas de massagem podem ser utilizadas de maneira inadequada e chamadas de drenagem linfática manual.

Mecânica

A versão mecânica não é considerada um método invasivo e tem os mesmos objetivos da manual. Ela mescla recursos tecnológicos com os conhecimentos do(a) profissional que manuseia o aparelho. 

Nesse caso, são utilizados aparelhos que funcionam com um mecanismo de rolamento, sucção e pressoterapia (pressão). Isso tem o objetivo de auxiliar a diminuição do edema, que é o inchaço causado pelo excesso de líquidos retidos nos tecidos corporais. 

Uma das opções de aparelho utilizado é um tipo de bota  pneumática (que funciona com ar comprimido), que exerce  uma pressão no membro, melhorando assim a circulação.

Ela reproduz os movimentos fisiológicos nas articulações do tornozelo e ativa os mecanismos musculares da panturrilha, favorecendo o sistema linfático sem aumentar o volume sanguíneo no local.

Massagem linfática emagrece?

A massagem linfática não emagrece, mas ajuda a diminuir o inchaço do corpo, modelar e definir a silhueta, podendo atuar não somente no tecido adiposo como também na musculatura.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o procedimento feito de forma mecânica, por ter uma atuação mais profunda, pode ajudar no tratamento da gordura localizada e celulite.

O ideal é aliá-la a outros fatores como reeducação alimentar e atividades físicas regulares. Esse combo pode sim ajudar a emagrecer, mas a massagem sozinha não tem essa função.

Quais os benefícios de uma massagem linfática?

O procedimento é utilizado como forma de tratamento  estético e pós-cirúrgico (mesmo no caso de cirurgias não estéticas), e apresenta diversos benefícios. Confira a seguir alguns deles:

  • Promove relaxamento muscular;
  • Diminui o inchaço por retenção de líquidos;
  • Promove a hidratação e a nutrição celular;
  • Auxilia no desaparecimento de hematomas e na cicatrização de ferimentos, pois ajuda o sangue a circular melhor no local;
  • Acelera o processo pós-operatório de cirurgias, podendo reduzir em até 50% o tempo de recuperação por ajudar na cicatrização;
  • Alivia dores devido aos movimentos de deslizamento que ajudam a amenizar a pressão e a dor, além de liberar endorfinas (analgésicos naturais).

Indicações do procedimento

A massagem linfática é benéfica para a saúde e bem-estar, e pode ser um poderoso aliado em alguns tratamentos. 

Confira a seguir algumas situações nas quais o procedimento é indicado:

  • Tecidos corporais que apresentam inchaço;
  • Má circulação sanguínea em áreas como pernas e pés;
  • Inchaço no período de gestação ou tensão pré-menstrual;
  • Tratamento de pré e pós-cirurgia plástica;
  • Celulite;
  • Tratamento de cicatrizes e queloides;
  • Relaxamento de tensões corporais.

Quanto custa uma sessão de drenagem linfática? 

Os preços do procedimento costumam variar, pois existem as técnicas manuais ou mecânicas, com sessões que variam entre 30 ou 60 minutos. Além disso, há diversos centros de estéticas especializados com valores que variam de acordo com cada profissional. 

Ela pode ser feita de forma avulsa ou em pacotes promocionais oferecidos pelas clínicas de estética com mais de uma sessão.

Em geral, os preços variam entre R$ 30 e R$ 100 a massagem manual e R$ 150 a R$ 200 a massagem mecânica (com aparelhos) em sessões avulsas.

Já nos pacotes promocionais, esses valores podem ser reduzidos e variar de acordo com o estabelecimento escolhido para realizar o procedimento.


Depois de conhecer os benefícios da massagem linfática, vale a pena conhecer o procedimento seja para auxiliar em algum tratamento ou mesmo para relaxar o corpo.

Você já fez massagem linfática? Conte para nós nos comentários sua experiência e continue acompanhando o Bleeza para saber mais sobre saúde e bem-estar.


Bleeza: Somos um time de especialistas em conteúdo digital, apaixonado por produtos de beleza! Escrevemos resenhas completas com informações técnicas e análises individuais das experiências de uso de cada produto. Acreditamos na beleza compartilhada e no consumo consciente ❤

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *