O skincare faz parte do dia a dia de muitas pessoas. Entretanto, é preciso prestar atenção a pequenos erros que podem ser prejudiciais para sua pele, fazendo com que essa rotina de cuidados perca seu propósito.

Separamos alguns exemplos de erros que talvez você cometa, ou já tenha cometido, e que podem estar sabotando a sua pele dos sonhos. Confira:

Índice — neste artigo você vai encontrar:

  1. Quais erros é possível cometer na rotina de skincare?
  2. Não usar protetor solar em dias frios, nublados ou chuvosos
  3. Usar os produtos na ordem errada
  4. Não limpar o rosto corretamente
  5. Abusar do uso de ácidos
  6. Não acompanhar as mudanças da pele
  7. Acreditar que os produtos caros serão milagrosos
  8. Cuidados em excesso

Quais erros é possível cometer na rotina de skincare?

A rotina de skincare (cuidados com a pele) é algo que varia entre cada pessoa. Primeiramente porque as peles são diferentes — secas, oleosas, acneicas, etc. Além disso, os produtos e o passo a passo diário também podem mudar.

Entretanto, há alguns cuidados que são essenciais para todo mundo que se preocupa com a saúde e boa aparência da pele e, no entanto, mesmo durante esses passos ocorrem alguns erros de skincare muito comuns e que você pode facilmente evitar:

Não usar protetor solar em dias frios, nublados ou chuvosos

Há quem acredite que o protetor solar só precisa ser utilizado em dias de sol. Um erro grave e que afeta diretamente a saúde da pele.

Mesmo nos dias frios, nublados ou chuvosos, ainda há incidência dos raios solares (mesmo que não sejam visíveis a olho nu). Isso reforça a necessidade de fazer uso diário do filtro solar, independente do clima.


Além disso, vale destacar que esse uso não deve ser dispensado mesmo se você estiver em um local fechado (trabalho, casa, academia, shopping, etc). Em todos esses espaços estamos expostos à luz artificial, que também é muito prejudicial à pele.

Os malefícios não estão relacionados apenas com questões estéticas, mas com a saúde também — considerando que a exposição da pele sem proteção pode causar até mesmo patologias como o câncer.

É importante ter em mente que nenhum creme, máscara ou qualquer outro produto substitui os benefícios e a proteção que o filtro solar garante para nossa pele. Sendo assim, seu uso é totalmente indispensável.

Usar os produtos na ordem errada

Fazer a aplicação dos produtos na ordem errada não só é um desperdício de tempo e dinheiro, visto que provavelmente perderão o efeito, como também pode causar reações na pele.

Um exemplo é usar produtos noturnos durante o dia: às vezes podem simplesmente pesar na pele, mas se o produto tiver em sua composição algum tipo de ácido, pode causar manchas, descamação e outras sensibilizações.

De forma geral, para garantir um bom aproveitamento dos benefícios dos produtos, siga as recomendações de uso (diurno, noturno, etc) e aplique-os na ordem correta. 

Isso nos leva à uma dúvida que muitas pessoas tem na hora de aplicar produtos de tratamento na pele (hidratantes, séruns, creme para olhos, etc): qual ordem seguir?

Para facilitar, siga sempre a lógica de aplicar primeiro os produtos mais líquidos (como os séruns) e, depois, aplicar os cremosos. Isso porque quanto mais aquoso, mais fácil ocorre a absorção na pele.

Não limpar o rosto corretamente

A limpeza é um passo essencial para manter uma pele saudável e com boa aparência. Porém, se for feita de forma inadequada, pode acabar trazendo prejuízos.

Mas você pode estar se perguntando: que erros eu poderia cometer no simples ato de limpar o rosto? Confira alguns deles:

Usar água quente 

Muitas pessoas fazem a higiene da pele durante o banho quente, o que retira parte de sua barreira protetora e aumenta a produção de sebo (o que deixa a pele desidratada e ainda mais oleosa). Por isso, deve-se preferir sempre água morna.

Deixar resíduos de sujeira 

Ou seja, quando você limpa o rosto, mas ainda sobraram resquícios de maquiagem, poluição, etc. Para evitar que isso aconteça, você pode criar o hábito de usar uma água micelar mesmo após lavar o rosto, a fim de retirar toda a sujeira.

Não retirar a maquiagem corretamente

Quando se usa maquiagem é necessário mais que limpar a pele. Antes disso, você precisa removê-la com a ajuda de um demaquilante líquido, lenço ou óleo de limpeza. Só depois é que se deve lavar o rosto.

Pode parecer pouco, mas o acúmulo de pequenas (e grandes) sujeiras pode contribuir com o envelhecimento precoce da derme, além do aparecimento de acne e outros possíveis problemas.

Abusar do uso de ácidos

Existem ácidos para uso diário e “sem restrição”, como o Hialurônico ou Ascórbico (vitamina C) que auxiliam, respectivamente, na hidratação e no combate ao envelhecimento da pele.

Porém, há muitos outros que — se não usados com cautela — podem ser prejudiciais.

É o caso, por exemplo, do Retinol (derivado de Vitamina A). Esse ácido estimula a produção de colágeno e a renovação celular, o que proporciona uma pele “mais fina”, com tonalidade mais uniforme e aparência mais jovem.

Entretanto, por interferir diretamente na renovação celular, precisa ser usado com moderação e — principalmente — com o acompanhamento de um(a) dermatologista. Isso pois, caso contrário, pode gerar descamações na pele, manchas e até queimaduras.

Sendo assim, mesmo que muitos ácidos sejam verdadeiros aliados na hora dos cuidados faciais, é preciso tomar muito cuidado para fazer um uso seguro e responsável, a fim de que não se tornem prejudiciais.

Por isso, a orientação de um(a) profissional é indispensável. Dessa forma você receberá indicações de qual ácido se comporta melhor na sua pele, além de saber quando e como realizar a aplicação.

Não acompanhar as mudanças da pele

É preciso estar atento às mudanças que ocorrem na pele com o passar do tempo. Isso porque é normal que ela mude e fique mais seca, oleosa, acneica ou simplesmente tenha sofrido os efeitos da idade (menos colágeno, aparecimento de rugas, etc).

Não acompanhar as mudanças da pele pode fazer com que você não consiga suprir as necessidades dela e, com isso, prejudicar sua saúde e aparência.

Sendo assim, o ideal é realizar periodicamente o acompanhamento com um(a) dermatologista. Esse(a) profissional poderá indicar produtos e cuidados que se adaptem ao que sua pele precisa. 

Acreditar que os produtos caros serão milagrosos

Muitas pessoas acreditam que usar produtos caros, ricos em substâncias poderosas e com propostas inovadoras, pode ser a salvação da pele. Infelizmente, isso não é totalmente verdade.

Claro que alguns produtos são mais eficientes do que outros, isso se dá por diferentes fatores, desde a concentração dos ingredientes até a maneira com que a fórmula é feita e as tecnologias aplicadas à ela.

Entretanto, por si só esses produtos não são suficientes para reparar danos de longo tempo. Isso porque o mais efetivo, ainda, é um processo de prevenção. 

Ou seja, você deve cuidar diariamente de sua pele (tanto com produtos caros, quanto baratos) para manter sua boa aparência e saúde, não esperar até que fique danificada e tentar um “milagre” a partir dos cosméticos de alto custo.

Cuidados em excesso

Sabemos que tudo em excesso faz mal e não é diferente na hora de cuidar da pele. Por exemplo, abusar do uso de produtos na hora do skincare pode gerar o “efeito rebote”, ou seja, ao invés de melhorar, pode piorar o problema que você está tentando tratar.

O mesmo se aplica quanto à higiene, que deve ser feita somente duas vezes ao dia (manhã e noite). Isso pois, o excesso de limpeza retira a oleosidade natural da pele, o que faz com que a produção de sebo aumente ainda mais e, com isso, a pele fica mais oleosa do que o normal.

Assim, o acompanhamento com um(a) dermatologista é fundamental, visto que poderá te recomendar uma rotina apropriada para seu tipo de pele, de acordo com suas necessidades específicas. Além disso, também pode te ajudar na escolha de produtos e sanar possíveis dúvidas.


Os cuidados faciais são parte da rotina de muitas pessoas. Por isso, é importante sempre buscar informação para fazê-los da melhor maneira possível, visando a saúde e a boa aparência da sua pele.

Você já cometeu algum erro dos que listamos? Tem alguma dica do que não fazer na hora do skincare? Conta pra gente aqui nos comentários e continue acompanhando o Bleeza!


Mellanie Novais: Sou redatora do Bleeza e apaixonada pelo mundo dos cosméticos. Adoro testar maquiagens e estou sempre atenta aos lançamentos. Tenho a pele seca e sensível, então adoro fazer skincare com produtos diferentes e que auxiliem na saúde da pele. Na hora de comprar, sempre vejo resenhas de pessoas com gostos parecidos com o meu para não errar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *