Quem tem a pele oleosa, acneica ou sensível sabe o quanto é difícil encontrar produtos para o rosto.

Comprar artigos para cuidar da pele é quase como um ritual. Antes, é necessário realizar uma intensa pesquisa e uma análise minuciosa da composição. Chegar na farmácia e pegar o primeiro produto que ver pela frente? Nunca!

Aqueles que possuem a pele acneica aprendem, desde cedo, que realizar um cronograma de cuidados é muito importante. Porém, um desses cuidados sempre tem destaque quando se trata de evitar espinhas — a etapa da limpeza de pele.

Sempre estamos rodeados por recomendações de mil produtos para higienizar a pele, todos com o intuito de tirar a oleosidade.

Por isso, durante muito tempo eu fiquei sem saber de uma coisa extremamente importante: sim, peles com acne também precisam de hidratação!

A verdade é que todos os tipos de pele precisam ser hidratadas. Principalmente as oleosas, afinal, vários produtos destinados para elas promovem uma limpeza muito profunda. Se usados excessivamente, esses produtos causam efeito rebote, aumentando ainda mais o nível de oleosidade.

Funciona assim: a pele produz oleosidade como um modo natural de defesa. Retirar essa característica por completo pode fazer com que ela entenda que precisa produzir ainda mais sebo, deixando-a muito mais oleosa.

Por isso, o correto é limpar, mas apenas 2 vezes por dia, além de utilizar produtos hidratantes para equilibrar essa limpeza. Quando descobri isso, dei início à minha saga pela busca de um hidratante.


Eu, que sempre tive problemas com acne, comecei com medo e sem saber muito bem como escolher, afinal, não estava acostumada com a ideia de hidratar o rosto. Fui testando de tudo, desde os hidratantes baratinhos até alguns mais caros.

Demorou um certo tempo até me adaptar completamente com um produto e, quando o encontrei, foi amor à primeira embalagem. Ele é o Epidrat Calm, um hidratante da Mantecorp para peles sensíveis.

É claro que eu não podia deixar de dividir essa descoberta, não é? Nessa resenha vou apresentar mais sobre o produto e contar minha experiência.

Se você, assim como eu, também está precisando de um bom hidratante para a pele oleosa ou sensível, continue lendo que te conto tudinho!

Índice — nesta resenha você encontrará as seguintes informações:

  1. O que é o Epidrat Calm?
  2. Para que serve o creme Epidrat Calm?
  3. Fórmula
  4. Serve para pele oleosa?
  5. Quem tem rosácea pode usar?
  6. Epidrat Calm e dermatite
  7. Causa alergia?
  8. Epidrat Calm antes da maquiagem
  9. Como usar?
  10. Quanto custa o Epidrat Calm?
  11. Minhas impressões
  12. Epidrat Calm é bom? Funciona?
  13. Como manter a pele jovem e hidratada?

O que é o Epidrat Calm?

Epidrat Calm se trata de um hidratante facial para uso tópico, vendido em farmácias com embalagem de 40g. De acordo com o fabricante:

“O Epidrat Calm combina ativos hidratantes e calmantes que recuperam a integridade da pele sensível, intolerante e sensibilizada, promovendo conforto imediato logo após a aplicação e minimizando os sinais e sintomas de vermelhidão, coceira, formigamento, queimação, ressecamento e descamação, normalmente associados a esse tipo de pele”.

A Mantecorp também lista as características do produto:

  • Tem fórmula com ativos suavizantes e que agem rapidamente;
  • É hipoalergênico, não conta com corantes, conservantes e fragrâncias;
  • Alivia os sintomas presentes em peles irritadas;
  • É não-comedogênico e não-acnegênico, o que significa que você não precisa se preocupar com o aparecimento de cravos e espinhas após o uso;
  • Sua utilização de maneira contínua vai ajudar no aumento da resistência desse tipo de pele.

Ufa! Depois dessa lista, a gente fica até animada em testar. Foi por isso que resolvi comprar e ver se tudo isso que a marca afirma é verdade mesmo.

Para que serve o creme Epidrat Calm?

Como o próprio nome já indica, o Epidrat Calm é um produto hidratante que possui em sua formulação ativos calmantes, próprios para as peles mais sensíveis e intolerantes. Ele foi pensado para hidratar de maneira leve e suave, sem agredir, entupir os poros e causar reações alérgicas. Legal, né?

É muito indicado para pessoas que realizam o uso de ácidos, como no tratamento tópico da acne (que é o meu caso).

Isso porque esse hidratante tem o papel de auxiliar no equilíbrio dos sintomas de irritação, coceira e vermelhidão, que são geralmente causados por esse tipo de produto.

Após realizar alguns procedimentos estéticos — como a depilação, o laser e o peeling — a pele fica muito sensibilizada, não é? Por isso, o Epidrat Calm também pode ser um aliado  nessas situações.

Ele não possui agentes irritantes ou incompatíveis com a realização desses procedimentos e auxilia na recuperação da pele.

Ah, sabe aquele dia que você foi para a praia e abusou do sol? A ardência da pele queimada não é nada legal e não é qualquer coisa que você pode utilizar depois de sofrer queimaduras solares.

O produto vai ajudar a aliviar a sensação de queimação e tratar a pele depois do episódio.

Fórmula

Quando se trata de pele, ler a composição dos produtos é um hábito muito importante. Isso vale para todo mundo: saber o que você está utilizando pode evitar muitas dores de cabeça!

Por isso, vamos dar uma olhada na lista de ingredientes do Epidrat Calm? A que consta na embalagem é essa daqui:

Ethylene brassylate, Cyclopentasiloxane, Tocopheryl acetate, BHT, Polymethylsilsesquioxane, Disodium EDTA, Glycerin, Caprylyl glycol, Caprylhydroxamic acid, Propylheptyl caprylate, Sorbitan olivate, Cetearyl olivate, Hydroxymethoxyphenyl decanone, Bisabolol, 4-T-butylcyclohexanol, Pentylene glycol, Ethylhexyl olivate, Lecithin, Sodium acrylates copolymer, Aqua.

Pois é… Esse monte de nomes não diz muito e, às vezes, fica difícil de entender realmente o que cada um significa.

Mas calma, porque vamos te explicar mais sobre cada ingrediente abaixo:

  • Ethylene brassylate: “fragrância” (neutralizador de odor);
  • Cyclopentasiloxane: solvente e emoliente;
  • Tocopheryl acetate: hidratante e antioxidante. É a famosa vitamina E, conhecida por sua utilização em produtos anti-idade, protetores solares e outros produtos diversos de cuidados com a pele;
  • BHT: antioxidante, previne a degradação e a oxidação dos ativos na fórmula;
  • Polymethylsilsesquioxane: é um lubrificante que proporciona uma sensação de suavidade à pele. Também tem a função de absorver a oleosidade e ainda ajuda a diminuir a aparência de rugas;
  • Disodium EDTA: é um estabilizador. Também ajuda a evitar que os componentes do produto se degradem, oxidem ou percam sua função;
  • Glycerin: umectante, evita a perda prematura de água no produto;
  • Caprylyl glycol: hidratante e emoliente;
  • Caprylhydroxamic acid: emulsificante derivado do óleo de coco, é muito utilizado em fórmulas para substituir o uso de parabenos (que muitas vezes são prejudiciais à pele);
  • Propylheptyl caprylate: emoliente;
  • Sorbitan olivate: emulsificante, ajuda o produto a deslizar melhor sobre a pele. É derivado do azeite de oliva e do amido vegetal;
  • Cetearyl olivate: emulsificante;
  • Hydroxymethoxyphenyl decanone: hidratante que realiza o condicionamento da pele;
  • Bisabolol: anti-inflamatório, tem propriedades anti-irritantes e antimicrobianas. É o componente ativo principal da camomila, portanto, é muito utilizado em produtos com função calmante;
  • 4-T-butylcyclohexanol: “fragrância” (neutralizador de odor);
  • Pentylene glycol: hidratante e solvente. Também atua como agente de condicionamento da pele;
  • Ethylhexyl olivate: agente de condicionamento da pele, é um éster derivado da oliva;
  • Lecithin: hidratante, antioxidante, emoliente e emulsificador;
  • Sodium acrylates copolymer: espessante;
  • Aqua: solvente (água).

Antes de falar sobre o Epidrat em si, é importante ressaltar algumas coisas. A primeira delas é que, na embalagem de qualquer produto, os componentes estão dispostos por ordem de presença na fórmula, ou seja, o primeiro item da lista é o que está presente em maior quantidade no produto — e assim sucessivamente.

Outro fator para destacar é que um mesmo ingrediente pode ter inúmeras funções, dependendo de como é utilizado.

Portanto, essas explicações que trouxe para você entender um pouco mais sobre o produto são baseadas em pesquisas e dados, mas o mais interessante é sempre confirmar essas informações com o fabricante.

Realizando minha pesquisa sobre cada componente de maneira individual, fiquei confusa com as informações que encontrei sobre dois ingredientes: o Ethylene brassylate e o 4-T-butylcyclohexanol.

Eles são citados como sendo fragrâncias e, como em qualquer material disposto na internet sobre o produto afirma-se que ele não possui fragrâncias, achei importante entrar em contato com a marca para entender a utilização e a função desses compostos.

De acordo com o fabricante, esses dois ingredientes citados não podem ser classificados como fragrâncias dentro da fórmula do Epidrat Calm. Se tratam de ingredientes sintéticos que possuem a finalidade de disfarçar o odor de outros ativos presentes na fórmula.

O produto conta com um cheirinho bem suave e não considero ele perfumado. O cheiro é quase imperceptível. Portanto, de fato ele não possui perfume.

Serve para pele oleosa?

Como possui uma textura intitulada de balm, é um produto super leve e que não pesa no rosto. Isso é o paraíso para quem sofre com a oleosidade e foge de cremes pesados.

A leveza do Epidrat Calm é um ponto super positivo: de fato, você passa no rosto e parece que não tem nada, apenas sente um alívio.

Depois de usar, a pele fica super aveludada e sem aquele brilho de oleosidade. Por contar com a característica de não entupir os poros, pode tranquilamente ser utilizado por peles acneicas.

Utilizando o produto por 3 meses não tive nenhum quadro de piora das espinhas, além de sentir que, depois de aplicar o produto pela manhã, a oleosidade do rosto ficou mais controlada durante o resto do dia.

Quem tem rosácea pode usar?

Sendo uma doença crônica de causa desconhecida, a rosácea se manifesta ocasionando vermelhidão e sensibilidade na pele do rosto. Ela costuma aparecer principalmente na parte central, mas também pode acometer bochechas e nariz.

Esse problema afeta principalmente as mulheres de pele clara e pode trazer muitos incômodos: calor na região do rosto, sensibilidade a cosméticos, pele seca, edemas e vasinhos aparentes.

Apesar de não ter cura, existem tratamentos que podem amenizar os sintomas da rosácea, além de vários cosméticos que auxiliam na melhora da pele. Um exemplo é o Epidrat Calm, que em seus efeitos possui a diminuição da vermelhidão.

Como a rosácea deixa a pele irritada, o produto traz alívio para esses sintomas.

Porém, é preciso ressaltar que o Epidrat Calm não é feito para tratar a rosácea especificamente, apenas auxilia com a rotina de cuidados.

Epidrat Calm e dermatite

Existem vários tipos de dermatite, sabia? São elas a dermatite seborreica, a de contato, a de estase, a atópica e a numular. Os sintomas mais comuns, no geral, são vermelhidão e coceira.

Porém, cada tipo da doença pode se manifestar de maneiras diferentes. Em todos os casos, é imprescindível ter cautela na hora de escolher os produtos cosméticos!

Isso porque agentes agressivos podem piorar o quadro e, assim, os cosméticos específicos para pessoas com dermatite precisam ser hipoalergênicos, além de contar com ingredientes suaves e selecionados.

O Epidrat Calm se encaixa nessa seleção. Ele também tem como resultado de sua aplicação o alívio da vermelhidão e de outros sintomas irritantes da pele, portanto pode ser um aliado!

Ainda mais quando o tipo de dermatite causar ressecamento, afinal, é um hidratante, né?

Só não esqueça: em qualquer situação já é importante consultar um dermatologista antes de adquirir produtos de cuidado com a pele. Quando se possui problemas como a dermatite, esse hábito é ainda mais importante.

Então não deixe de dar uma passadinha no seu médico, combinado? Ele vai poder te ajudar a descobrir se o Epidrat Calm vai, de fato, te ajudar a aliviar esses incômodos!

Causa alergia?

O Epidrat Calm é hipoalergênico, ou seja, formulado com o intuito de diminuir a possibilidade de surgimento de alergias. Isso é feito com a escolha dos ingredientes, que possuem menos tendência de irritar a pele.

Porém, o fato de um produto ser hipoalergênico não exclui a possibilidade de que você tenha alergia a alguns dos componentes. Cada corpo é um só e, por isso, possui características únicas.

É por isso que o ideal sempre vai ser ter o auxílio de um médico dermatologista para a escolha de qualquer dermocosmético. Ele pode avaliar a sua pele e saber o que é melhor para você!

Epidrat Calm antes da maquiagem

Uma make bonita não depende apenas dos produtos de maquiagem, sabia? Para um aspecto mais natural, é muito importante que a sua pele esteja bem cuidada e, principalmente, hidratada.

Muitas pessoas não sabem, porém, apenas passar a maquiagem no rosto pode trazer diversos problemas.

A make dificilmente vai durar o dia inteiro, os produtos podem irritar a pele, a oleosidade vai ser maior durante o dia e, ainda, o aspecto da base não vai ser dos melhores.

O hábito de preparar a pele influencia na aparência dos poros e no acabamento da make depois de aplicada. Mas, como preparar a pele para receber a maquiagem?

Existem alguns passos para seguir que vão te ajudar a conquistar uma make impecável:

  1. Limpeza: com um sabonete próprio para o seu tipo de pele, lave o rosto para retirar a oleosidade e outras impurezas. Se a sua pele for oleosa, como a minha, você pode usar também uma água micelar em seguida. Isso porque ela ajuda ainda mais na limpeza e no controle de sebo;
  2. Hidratação: é aqui que entra o Epidrat Calm. A maquiagem pode agredir ou irritar a pele. Se você utiliza produtos com efeito matte, por exemplo, é muito comum que eles causem algum ressecamento. Por isso que é tão importante hidratar! Ah, o uso do hidratante também evita que a base fique com aquele aspecto craquelado e pesado;
  3. O primer vai ajudar ainda mais a segurar sua make até o final do dia. Seu objetivo é disfarçar poros e imperfeições. Algumas pessoas param apenas na utilização do hidratante, mas vai da escolha de cada um.

Pronto! Depois desses cuidados, aposto que a aplicação da maquiagem vai ser muito mais fácil. Eu uso o Epidrat Calm antes da base quase todos os dias, porque sinto que minha pele fica mais fresca, natural e bonita.

Como usar?

O uso de qualquer hidratante não tem muito segredo. De maneira bem simples, é só higienizar o rosto e aplicá-lo. O que muda é a frequência de aplicações e a ordem de utilização, caso você também faça uso de outros produtos.

Eu, por exemplo, tenho vários produtos inclusos na minha rotina de cuidados com a pele. Como vocês já sabem, tenho problemas com a acne e, por isso, sou muito regrada nesse sentido.

Eu uso o Epidrat Calm duas vezes por dia:

  1. Pela manhã, depois de higienizar o rosto com sabonete próprio para pele acneica e antes de aplicar a maquiagem (geralmente uso base e pó compacto);
  2. À noite, depois da utilização de um ácido próprio para tratar as espinhas e cravos.

Quando aplico o ácido indicado pela minha dermatologista para tratamento da acne, sinto muita ardência no rosto. O hidratante ajuda (e muito) a acalmar essa sensação, trazendo um alívio quase que imediato.

A utilização do Epidrat Calm, inclusive, também foi indicada pela minha dermatologista, principalmente depois do uso do ácido.

Quanto custa o Epidrat Calm?

Do mesmo jeito que muitos produtos pensados para peles sensíveis, o Epidrat Calm não pode exatamente ser considerado um produto mais barato. Ainda assim, tem um valor aceitável.

Não o considero exageradamente caro, mas sim um hidratante de valor intermediário. E ele é muito fácil de encontrar: várias farmácias que trabalham com cosméticos e produtos para cuidados com a pele o disponibilizam nas prateleiras.

É possível encontrar a embalagem de 40g com uma faixa de preço que vai de R$ 55,00 a R$ 75,00*.

Para economizar na compra, você pode procurar o Epidrat Calm no Consulta Remédios, que é o nosso comparador de preços! Ele mostra farmácias que entregam na sua região, organizando as ofertas do menor ao maior valor. Legal, né?

*A pesquisa de preços foi realizada através do CR no dia 20/02/2019. Os valores podem sofrer alterações.

Minhas impressões

Para trazer um panorama melhor de como foi minha experiência com o produto, resolvi classificá-lo em tópicos. Para cada tópico, dei uma nota de 1 a 5, sendo 1 muito ruim e 5 ótimo. Olha só:

Cheiro

A fragrância do produto é quase imperceptível, porém, está ali. Não me incomoda em nada, mesmo eu sendo bem enjoada para cheiros. Na minha concepção, produtos de cuidado para a pele não devem ter cheiro muito forte. Afinal, seu objetivo não é perfumar, mas sim tratar.

O Epidrat Calm se enquadra bem nesse quesito: é um produto que tem um cheiro agradável e muito suave, sem interferir em outras fragrâncias.

A única coisa que acho importante ressaltar é que, em todas as fontes oficiais que consultei, ele é classificado como um produto sem fragrância nenhuma. Como já vimos, não é bem isso que acontece.

Mesmo assim, o cheiro é um ponto positivo!

Nota: 4.

Textura

Eu adorei a textura balm desse hidratante! Ela é super leve e perfeita para peles oleosas. Seca super rápido e não deixa a pele melecada, além de ter uma espalhabilidade sensacional. Só elogios neste tópico!

Nota: 5.

Aspecto na pele

Sabe aquele brilho irritante de pele oleosa? Eu não gosto (e quem gosta, né?). Por isso, para mim um dos pontos mais importantes desses cosméticos é, exatamente, não ter essa característica.

Não sei se podemos julgar o Epidrat Calm um produto matte, mas com certeza ele não deixa a pele oleosa.

Nota: 5.

Durabilidade

Pouco produto dá tranquilamente para o rosto inteiro. Eu sempre uso uma quantidade equivalente ao tamanho de um amendoim e nunca preciso pegar mais produto para aplicar uma só vez.

A primeira embalagem que comprei durou cerca de 1 mês e meio. Utilizando 2 vezes por dia constantemente, acredito que seja uma boa marca, não é?

Nota: 5.

Custo-benefício

Uma reclamação: 40g é muito pouco para o valor que pagamos por ele! Mesmo ele tendo uma durabilidade boa e sendo um bom produto, acho que poderiam muito bem fazer versões com uma quantidade maior de hidratante.

Nota: 3.

Interação com outros produtos

É um produto que funciona muito bem com a maquiagem! A base fica com um aspecto muito mais bonito e uniforme sempre que aplico o Epidrat Calm por baixo.

Também utilizei depois de aplicar meu ácido antiacne e não tive problemas. Em resumo, é um produto muito bom para preparar a pele antes da maquiagem e tratamentos da pele!

Ah, mas não esquece de conversar com o seu dermatologista antes de qualquer coisa, viu?

Nota: 5.

Embalagem

Para mim, esse é o único ponto “ruim” do Epidrat Calm, mas acho que pode ser porque eu sou um pouco exigente.

Não me dou bem com embalagens do tipo bisnaga porque, quando o produto acaba, retirar o restinho que sobrou é sempre um desafio. Na primeira embalagem que usei, tive que recortá-la com a tesoura para poder aproveitar todo o conteúdo.

Sem contar que você não consegue ver muito bem quando o produto está acabando, porque a embalagem não possui nenhuma transparência ou algo que indique a quantidade.

Nota: 2.

Cumpre o que promete?

Sim! Usando regularmente durante 3 meses, dá pra ver a diferença na minha pele. Ela está muito mais macia, hidratada e com menos vermelhidão. Por isso, ele faz o que se propõe a fazer.

Nota: 5.

Epidrat Calm é bom? Funciona?

Encontrar um bom hidratante para a minha pele, que é bem seletiva, é mesmo uma tarefa complicada. Por isso, fiquei feliz quando encontrei o Epidrat Calm, tanto que já estou no meu segundo.

Acho que a melhor prova para saber que um produto deu certo para a gente é quando ele acaba e compramos mais um, né?

Por isso, a resposta para essas duas perguntas é positiva! Senti que ele hidratou muito bem a minha pele, tudo isso sem pesar, deixá-la oleosa ou causar algum tipo de irritação.

A minha pele é super sensível e acneica e, por isso, já tive problema com outros hidratantes. Com o Epidrat Calm foi diferente, então considerei uma ótima compra e fiquei feliz com o produto.

Só vale lembrar: nem sempre o que é bom para uma pessoa pode ser bom para outra também. Isso porque cada pele é diferente e, portanto, o produto ser bom depende também das nossas características.

E agora que você já sabe bastante sobre o Epidrat Calm, aí vão algumas dicas para te ajudar ainda mais com os cuidados da pele!

Como manter a pele jovem, hidratada e bonita?

Apesar de serem muito importantes, os produtos dermocosméticos não são os únicos que trabalham para manter nosso rosto bem tratado. Essa é, na verdade, uma consequência de vários cuidados e hábitos. Olha só alguns deles:

Tome bastante água

A hidratação e o consumo de água, é claro, estão completamente conectados. Se você não tem o hábito de tomar pelo menos 2 litros por dia, é melhor ir repensando isso! A água ajuda a evitar o acúmulo de sódio, que é responsável pelo inchaço.

Enquanto os cremes hidratantes são de uso tópico, ou seja, atuam nas camadas externas da pele, tomar água faz muito mais do que isso, agindo na parte mais profunda.

Ela também vai te ajudar a evitar rugas e o envelhecimento precoce, afinal, quanto mais hidratada estiver sua pele, menos aparente e marcada ela vai ficar.

Por isso, assim que você terminar de ler esse texto, vai lá e toma um copo de água, viu? Sua pele agradece!

Lave o rosto duas vezes por dia

Não mais que isso e também nem menos que isso. O hábito de higienizar o rosto pela manhã e à noite, com certeza, vai te ajudar muito a deixar a pele muito mais saudável e bonita.

Isso porque, ao longo do tempo, a pele vai acumulando impurezas, como a poluição e a oleosidade. Lavando o rosto, você retira essa sujeira e deixa a pele renovada.

Ah, e se você faz uso de maquiagem, é super importante utilizar um bom demaquilante. A maquiagem, mesmo sendo de boa qualidade, entope os poros e pode causar cravos e espinhas.

Para realizar essa tarefa, só não esqueça de procurar produtos próprios para o seu tipo de pele. Existe uma infinidade de sabonetes faciais e demaquilantes para você escolher!

Não esqueça do protetor solar

Proteger o rosto do sol é uma das principais atividades para quem quer manter a pele bonita, além de ser imprescindível para ajudar a evitar o câncer. De verdade, esse é um hábito muito importante, viu?

Escolha um protetor solar facial que tenha pelo menos FPS 30 e também não esqueça de procurar um que seja próprio para o seu tipo de pele!

Outra coisa: não adianta nada aplicá-lo apenas uma vez por dia. Reaplique o protetor a cada 2 horas e sempre que suar ou nadar.

Faça exercícios

Se exercitar traz vantagens para muitas coisas! Esse hábito é benéfico porque ativa o metabolismo, fazendo com que o processo de renovação da pele aconteça mais rapidamente.

E vale qualquer coisa para se mexer, desde que te faça bem! Você pode frequentar a academia, fazer aulas de dança, correr, caminhar ou praticar algum esporte, por exemplo.

Se alimente bem

Ter uma alimentação saudável é importante para manter várias funções do seu corpo funcionando bem. Com a pele não é diferente! Quando nos alimentamos mal, a pele reflete isso.

Alguns alimentos são super benéficos para a saúde da pele, entre eles muitas frutas. A maçã, por exemplo, tem poder antioxidante! Já as bananas são ótimas fontes de potássio, que vai auxiliar a pele a manter sua umidade equilibrada.


Gostou do texto ou tem alguma sugestão? Então que tal dizer para a gente aqui nos comentários o que achou? Você também pode sugerir produtos como tema de resenha.

Vamos ficar muito felizes com a sua opinião!


Pamela Castilho: Sou redatora do Bleeza e adoro escrever sobre dermocosméticos e produtos de skin care. Como tenho pele acneica, me preocupo muito com o que utilizo. Por isso, antes de comprar olho com muita atenção a lista de componentes. O mais importante é o conteúdo da embalagem cumprir as promessas feitas na caixa.

Participe da discussão

5 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

    1. Oi Thayane, tudo bem?
      O fabricante não cita o Epidrat Calm como sendo oil free e nem à base de água, mas sim como um balm hidratante.
      Já o Epidrat Rosto, outra versão de hidratante da Mantecorp, é uma alternativa oil free.
      Abraços!

    1. Oi, Andrea, tudo bem?
      Que bacana que a resenha foi útil para você, fico muito feliz!
      Meu instagram é @pamelaccohene
      Abraços! 🙂

  1. Usei o Epdrat e amei ,muito bom mesmo. Tenho pele sensível e descamação ,quero pedir que fabriquem uma embalagem maior economica, já que muitas pessoas usam constantemente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *