Você também já pensou em investir em um tom ruivo para as madeixas? O cabelo com cores acobreadas já conquistou muitas famosas e faz sucesso por aí. Mas antes de apostar em um ruivo para chamar de seu, saiba que a tonalidade exige muitos cuidados para manter aquele efeito Marina Ruy Barbosa.

O Bleeza te dá o caminho das pedras para você conseguir a cor perfeita e arrasar no brilho, sem prejudicar sua saúde capilar. Confira!

Índice —  neste artigo você vai encontrar:

Publicidade
  1. Quais os cuidados antes de tingir o cabelo de ruivo?
  2. Como cuidar do cabelo tingido de ruivo?
  3. Precisa descolorir os fios para pintar de ruivo?
  4. Existem produtos específicos para cabelos ruivos?

Quais os cuidados antes de tingir o cabelo de ruivo?

Antes de tingir os fios, é preciso ter em mente que o ruivo exige manutenção constante. Seja para disfarçar as raízes, que ficam muito visíveis com a diferença de tom, ou para evitar o desbotamento, o retoque mensal (às vezes até quinzenal) é parte essencial da rotina. Por isso, prepare o tempo e o bolso para manter a cor saudável.

Além disso, que tem cabelos escuros pode precisar descolorir primeiro, já que os pigmentos aderem melhor aos fios claros. Se esse for o seu caso, evite fazer o procedimento em casa: consulte um(a) profissional para garantir o melhor resultado e não danificar os fios.

Outro ponto importante é deixar o cabelo saudável antes da tintura. Isso porque o procedimento já é agressivo, então a coloração nos fios danificados pode prejudicar ainda mais a integridade da fibra capilar, resultando em quebra, pontas duplas e até corte químico. 

Sem contar que o resultado fica mais bonito quando o cabelo está macio, brilhoso e saudável, né?

Então, invista em tratamentos de hidratação e, se necessário, reconstrução para devolver a saúde às madeixas. Corte as pontas ressecadas, que são mais suscetíveis a danos, e se certifique que seu cabelo aguenta a química antes de pintar, fazendo o teste de mecha.


Por fim, atente-se às manchas: tinturas ruivas soltam mais pigmento que as outras, manchando lençóis, toalhas e até a pele. Se você já decidiu que vai investir no ruivo, prepare-se para deixar um rastro por aí (ou providencie toalhas e lençóis escuros para minimizar os danos). 

Se for se pintar seu cabelo por conta própria, proteja a pele com hidratante, use roupas velhas durante a aplicação e prepare-se para o susto de ver seu banheiro tingido de vermelho. 

Azulejos, diferente de madeira e tecidos, normalmente não mancham com a tinta, mas é bom se preparar para limpar eventuais respingos imediatamente. Por isso, proteja móveis e objetos, e restrinja a aplicação a um local menos delicado, como o box do chuveiro.

Como cuidar do cabelo tingido de ruivo?

Você tomou coragem e tingiu o cabelo de ruivo: e agora? O primeiro passo é trocar seu shampoo e condicionador por produtos específicos para cabelos coloridos ou ruivos. Isso porque as versões comuns podem remover a pigmentação e danificar o efeito.

Ainda é importante incluir máscaras e cremes de tratamento na sua rotina, pois eles revitalizam o brilho, prolongando a cor, e ainda evitam o ressecamento e enfraquecimento da fibra capilar.

Se você usa secador, chapinha, modelador de cachos ou outros aparelhos geradores de calor, também pode se beneficiar dos protetores térmicos. Eles evitam que a temperatura roube a saúde dos fios.

A frequência de retoques vai depender do seu cabelo e da sua preferência — também vale à pena pedir a opinião do(a) colorista. Avalie quanto tempo o tom desejado dura nas suas madeixas e programe-se para fazer o retoque da raiz ou do comprimento conforme necessário. 

Para o comprimento, apenas um tonalizante pode ser suficiente para renovar a cor. Já para as raízes, talvez seja necessário visitar um salão para garantir o aspecto uniforme. 

Com a experiência, você pode ganhar prática para fazer tudo em casa, mas sempre se recomenda procurar ajuda profissional para um melhor acabamento.

Como deixar o cabelo ruivo acobreado?

Apesar do termo ruivo se referir a cabelos alaranjados, existem muitos tons que estão sob o guarda-chuva da cor. Pense nas pessoas ruivas que você conhece: a cor clarinha de Ed Sheeran é bem diferente do vermelho cereja de Rihanna, que em nada tem a ver com o acaju de Lana del Rey, mas todo são considerados ruivos.

Para te ajudar a decidir no tom certo, consulte o guia de cores da marca escolhida, que normalmente pode ser encontrado online. Você pode selecionar seus favoritos e comparar cada um com a sua pele, observando qual combina mais com seu estilo. Não existem regras, o que importa é você se sentir bem.

Se o seu escolhido foi o ruivo acobreado, uma opção de tingimento é a henna. Corante de origem natural, ela é mais duradoura que a tinta comum e menos agressiva, podendo ser usada durante a gravidez (desde que com o aval da(o) ginecologista/obstetra).

A henna muitas vezes é usada como base para outros tons, mas sua versão mais pura permite apenas uma tonalidade acobreada, embora o resultado final varie conforme a base do cabelo. Os loiros são como uma tela em branco, enquanto castanhos e pretos interferem mais na pigmentação.

Publicidade

Ruivos acobreados são uma boa opção para quem busca um resultado mais natural. Procure pelas colorações mais clarinhas, ou por técnicas como o strawberry blonde, que combina o ruivo com mechas douradas para um acabamento bem suave.

Como deixar o cabelo ruivo avermelhado?

Agora, se seu objetivo é um vermelho cereja ou granada, as tinturas intensas são as melhores. Tons como o clássico 6.66 criam um efeito marcante e aderem melhor aos fios, para um resultado chamativo desde a primeira coloração.

Fuja de receitas caseiras, como limão, vinagre ou suco de beterraba no shampoo. Esses produtos não passam pelos processos necessários para que sejam seguros ao cabelo e à pele, então o risco de uma reação adversa é alto. Além disso, é grande a chance do resultado ficar desigual e até manchado.

Então, pesquise tinturas seguras em tons intensos e não hesite em fazer uma visita ao salão. Fazer uma mudança radical em casa pode fazer o barato sair caro com as possíveis correções necessárias.

Precisa descolorir os fios para pintar de ruivo?

Normalmente, sim, mas a resposta vai depender do tom que seu cabelo se encontra. Cabelos loiros e claros dispensam o descolorante, pois o pigmento já adere bem. Já os castanhos, pretos e outros tons escuros precisam sim ser descoloridos, caso contrário a tintura não pega. 

Como a descoloração por si só já é agressiva, a aplicação da tintura em seguida tende a prejudicar ainda mais os fios, por isso evite fazer o procedimento em casa. Além disso, uma avaliação profissional evita que você faça algum procedimento desnecessário, ou deixe de fazer uma etapa importante.

Existem produtos específicos para cabelos ruivos?

Não apenas existem produtos específicos para cabelos ruivos, como você deve investir neles para manter a luminosidade da cor. Até as marcas comuns vendidas em supermercado contam com linhas direcionadas para manutenção do tom. 

E não só os produtos que precisam mudar, mas seus hábitos também. Nada de lavar o cabelo com água quente (ela é uma das responsáveis por mandar sua cor pelo ralo), e evite lavar todos os dias. Isso porque os agentes do shampoo, além da água em si, vão removendo os pigmentos aos poucos, então estenda o intervalo entre as lavagens para prolongar o tom.

Agora que você já sabe os cuidados que o ruivo exige, que tal conhecer alguns produtos para preservar sua luminosidade?

Shampoos

Condicionadores

Tratamentos

Finalizadores e protetores térmicos

Se você já usa algum produto específico para cabelos ruivos ou coloridos, conta para gente nos comentários!


E aí, está mais confiante para mudar o tom das madeixas para um ruivo poderoso? Com as dicas certas, você garante aquela cor incrível para arrasar por aí. Se ficou alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários!

Se você já fez uma mudança radical na cor dos seus fios, compartilhe sua experiência conosco! Adoramos receber dicas novas.


Ana Luiza: Redatora do Bleeza e adoro falar sobre produtos e acessórios de maquiagem. Para o uso diário ou uma produção completa, gosto dos que são versáteis e atendem às diferentes situações. Na hora de testar e escolher, o posicionamento da marca, a facilidade em encontrar e a clareza de informações fazem a diferença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *