Quem gosta de make e investe em alguns produtos para pele, em geral, já encontrou dificuldades na hora de acertar a base. Apesar de queridinha, ela é um dos produtos mais difíceis de comprar — e olha que opções é o que não faltam!

Mesmo com várias marcas, a duração, a cobertura e até a disponibilidade de cores tornam esse processo bem complicado. 

Apesar de a minha pele não ter muitos problemas, eu gosto das bases com cobertura mais alta, mesmo para o dia a dia. Mas algumas características do meu rosto tornam mais complexo achar uma boa. 

Espinhas são pouco comuns — mas quando fiz a resenha, estava com algumas do tipo espinha interna perto do queixo, o que me ajudou a avaliar a cobertura também. O que realmente me incomoda são olheiras. Quando estou cansada, elas tendem a ficar bem acentuadas.

Em épocas frias, a oleosidade do meu rosto reduz bastante, apesar de haver uma pequena concentração na testa e nariz. Porém, ainda assim, a superfície dessas regiões descama bastante, não havendo creme que resolva.

Por isso, a base não pode ser oleosa — pois não dura e a sensação não me agrada —, mas também não pode ser muito seca, senão evidencia a descamação da derme.

Então, testei a Base Revlon ColorStay Golden Beige para saber se a fama corresponde às minhas percepções!

O que é a Base Revlon ColorStay? 

A base Líquida Colorstay Pump Oily Skin, da Revlon, é indicada para peles mistas a oleosas. De acordo com o produto, a duração é de até 24h, dando um efeito acetinado e cobertura média. 


O acabamento é matte e a secagem é rápida, prometendo uma make que não borra e não transfere. Mesmo com esse efeito matificado, a base mantém a hidratação da derme e tem FPS 15.

No site do Grupo Boticário, que comercializa itens da Revlon pela licença do MultiB, as informações não vão muito além disso.

No portal americano, a Revlon diz que a base líquida proporciona acabamento mate impecável, sendo isenta de óleo. Além disso, são produzidos 43 tons de base.

Cores da ColorStay

Quem quer comprar bases no Brasil, sejam produtos nacionais ou importados, pode ter certa dificuldade em achar um tom adequado, pois a cartela oferecida pelas empresas é geralmente limitada.

A Revlon americana informa que dispõe de 43 cores, mas em lojas nacionais dificilmente achamos mais do que 10.

Apesar disso, quem for comprar pela internet ou pode buscar pessoalmente no exterior encontra maior variedade.

Para a resenha, utilizei a Golden Beige (300). Além dessa, de acordo com a marca, as outras cores disponíveis são:

Cappuccino (410)Almond (355)Buff (150)
Butterscotch
(315)
Caramel  (400)Cashew (275)
Chestnut (270)Cinnamon (600)Cocoa (520)
Deep Honey
(395)
Dune (295)Early Tan (340)
Espresso (610)Fresh Beige (250)Golden Caramel (360)
Honey Beige
(455)
Ivory (110)Java (620)
Light Honey (260)Macadamia (460)Mahogany (440)
Medium Beige
(240) 
Mocha (450)Natural Beige
(220)
Natural Ochre
(290) 
Natural Tan (330)Nude (200)
Oatmeal (140) Pecan (510)Rich Ginger (380) 
Rich Maple (390) Rich Tan (350) Sand Beige (180) 
Shell (285)Sun Beige (392) Tawny (280)
Toast (370) Toffee (375)True Beige (320)
Vanilla (135)Walnut (500)Warm Golden
(310)

Composição

A base Colorstay é livre de óleo e enriquecida com fator de proteção solar (FPS) 15. Para quem tem pele oleosa ou mista, é importante dar atenção se o produto é oilfree.

Apesar de ajudar a proteger a pele dos raios UVA e UVB, o FPS é relativamente baixo. Por isso, o bom é combinar o uso com umprotetor solar.

A composição da base é:

cyclopentasiloxane, aqua, dimethicone, trimethylsiloxysilicate, titanium dioxide (nano), peg-9 polydimethylsiloxyethyl dimethicone, zinc oxid (nano), butylene glycol, tribehenin phenyl trimethicone, nylon-12, cymbidium grandiflorum (orchid) flower extract, lactobacillus/eriodictoyn californicum ferment extract, lilium candidum bulb extract, malva sylvestris (mallow) extract, sodium hyaluronate, tocopheryl acetate, bisabolol, ethylhexyl palmitate, tocopherol, alcohol denat., alumina, dimethicone/peg-10/15 crosspolymer, methicone, laureth-7, magnesium sulfate, silica, polyglyceryl-3 diisostearate, ethylene brassylate, triethoxycaprylylsilane, dimethicone/silsesquioxane copolymer, salicylic acid, serica ((silk) soie), soduim citrate, dipropylene glycol, silica dimethyl silylate, silk powder, tetrasodium edta, hexylene glycol, caprylyl glycol, phenoxyethanol, ethylparaben, methylparaben, pode conter: mica, titanium dioxide (cl 77891), iron oxides (cl 77491, cl 77492, cl 77499), 23297

Tem glúten? 

Um dos cuidados que eu tenho com maquiagens e cosméticos é a presença de glúten, pois sou celíaca. Ainda que minha sensibilidade seja bastante baixa, eu dou preferência aos que são aptos às pessoas celíacas.

Isso porque é preciso todo um cuidado com a formulação e manuseio. Ainda que não vá nenhum componente com glúten, se a base for manipulada em ambientes ou maquinários que processam a proteína, pode me fazer mal.

A primeira dificuldade com a marca foi obter informações mais claras sobre a composição da base. Apesar de haver no rótulo e no site do Grupo O Boticário os ingredientes, eu precisava de informações mais específicas em relação à presença de glúten.

Dá para saber, olhando um por um os ingredientes, se há glúten na fórmula. Pela listagem, a base é livre de glúten. Mas isso não significa muita coisa.

Fui em busca de informações e o contato com a empresa é bem difícil. Nos fóruns e sites americanos, pessoas que tiveram a mesma necessidade relatam que a Revlon não testa a contaminação dos produtos e não informa sobre possíveis riscos.

Como minha sensibilidade é bastante baixa, não tenho grandes problemas com contaminação cruzada em maquiagem ou produtos de uso tópico. Porém, quem é bem sensível deve ficar em alerta.

É vegana?

Uma listagem recente, divulgada por entidades veganas e de proteção aos animais, apontou que a Revlon ainda faz testes em animais.

A marca emitiu uma nota negando a acusação, mas mantém a comercialização de seus produtos na China, país que, por lei, os fazem. Por isso, a Revlon ainda não entrou na lista de empresas cruelty free.

Preço e onde comprar

O produto não é muito difícil de ser encontrado em lojas de maquiagem diversas, farmácias e, sobretudo, pela internet. No Consulta Remédios é possível comparar os preços das 2 versões da Base Revlon ColorStay: pele oleosa e pele normal a seca.

A maior dificuldade fica na disponibilidade das cores. Em geral, não mais do que 10 tons são achados para vender aqui no Brasil.

A embalagem vem com 30mL e o preço pode variar bastante, indo de R$ 65 a R$ 110.

Como eu usei a base?

Não tem muita regra do jeito certo de aplicar base. Pode ser com pincel, esponjinha ou com os dedos. Eu uso pincel de cerdas sintéticas, daqueles estilo kabuki. Acho que marcam menos e ajudam a fixar o produto melhor.

Algumas pessoas têm aquela base de cobertura mais alta, para sair, e uma mais leve para trabalhar. Como eu gosto dos produtos mais pesados, só tenho uma. Então, o ideal é que a mesma base possa ser usada em todas as situações.

Por prometer uma cobertura média a alta, achei que logo com uma camada ela daria uma cobertura bem grande. Apesar de ter dado uma boa cobertura, ela ficou natural e nenhum pouco carregada. Achei ideal para o uso diário. Apesar disso, se houver espinhas ou olheiras muito intensas, pode ser preciso recorrer ao corretivo.

Mas aplicando uma segunda camada, a cobertura foi melhor e deixou aquele efeito blur de photoshop. Bem próximo da pele para festa que eu gosto.

Eu não sou muito cuidadosa com a pele, por isso, minha rotina de maquiagem consiste em limpá-la com água micelar e aplicar a base.

O que eu achei da Base Revlon ColorStay Oil Skin?

Neste tópico, vou contar o que achei da base Colorstay da Revlon, avaliando duração, cobertura, cor e outros pontos relevantes.

Cada característica recebeu entre 1 e 5 estrelinhas, indo de insatisfeita para muito satisfeita!

Embalagem

A embalagem do produto é em tubinho de vidro bem resistente. O lado positivo é que, mesmo se cair no chão, a possibilidade de quebrar é pequena. O ponto negativo é que ele é pesado.

Eu carrego uma necessaire de makes e, apesar de parecer irrelevante, faz bastante diferença na hora de carregar bolsas ou mochilas.

O vidro, de 30mL, tem um pump, o que facilita bastante na dosagem do produto e evita desperdício.

Nota: 4/5

Cheiro

O cheiro é bem suave e neutro. Ou seja, não tem perfume e nem aquele odor típico de bases. Achei excelente, pois fragrâncias me incomodam bastante.

Nota: 5/5

Cobertura

Uma camada da base resulta em uma cobertura boa para uma base média. Achei que não deixou o rosto carregado ou chapado, feito um corretivo. Isso me deixou satisfeita para uma base de uso diário. 

Porém, se espinhas e olheiras fossem um grande problema para mim, teria que recorrer aos corretivos. Com mais uma camada, eu achei a cobertura bem melhor e sem perder a uniformidade ou a naturalidade. 

Nota: 4/5

Textura e aplicação

A textura é um ponto bem positivo, pois, apesar de ter uma cobertura média a alta, o produto não é espesso ou denso demais. Aliás, também não é muito líquido, o que facilita bastante quando ele é depositado diretamente na pele, pois não escorre muito.

Eu aperto o pump direto na pele e depois espalho com o pincel. Nesse processo, achei a aplicação muito boa, pois consegui distribuir a base por toda a pele, mesmo tendo concentrado ela no centro do rosto.

Depois de aplicada, ela seca razoavelmente rápido. Mas não o suficiente para atrapalhar a aplicação e deixar a pele marcada ou manchada. Outro ponto positivo!

Nota: 5/5

Rendimento

O rendimento é bom, pois não é preciso muito produto para cobrir toda a face. No entanto, se a ideia for aquela make mais carregada, com uma cobertura pesada, pode ser necessário aplicar uma segunda camada.

Dependendo da frequência com que isso é feito, o rendimento pode ser reduzido em relação à quantidade de usos.

Nota: 4/5

Durabilidade

A marca diz que a durabilidade da base é de até 24h. Eu não passei tanto tempo com ela, mas a apliquei de manhã e cedo e, à noite, cerca de 12 horas depois, e aparência estava bem adequada. Claro, era visível que a make já tinha sido feita a algumas horas.

O tempo frio deixa minha pele pouco oleosa, o que auxilia a manter a base bem alinhada. Mas achei que o resultado foi realmente bom!

Nota: 5/5

Transferência

A base Revlon é sequinha. Depois de alguns minutos, ela aderiu bem a minha pele e não transferiu. Isso é bem bacana, sobretudo porque não tem efeito contrário, de craquelar a pele ou deixar as partes ressecadas evidentes.

Nota: 5/5

Cor

A Revlon tem uma cartela de cores ampla, mas um pouco limitada. São 43 tons que vão de fundos rosados aos amarelados e atendem sobretudo as pessoas de pele branca ou clara. 

Olhando no site, os tons para pele negra são poucos.

Eu usei a 300, mas achei que ficou muito escura e amarelada para minha pele. No espelho, até parecia boa, mas nas fotos deu para ver bem a diferença de tom. No entanto, acredito que um tom abaixo ficaria bem adequado.

Para minha nota, os dois fatores têm peso.

Nota: 3/5

Custo-benefício

O preço da base da Revlon tem uma margem bem variável. O preço mais baixo que encontrei foi R$ 65 e o mais alto foi de R$ 110. Isso dá uma diferença bem grande.

Por isso, considerando o preço médio de R$ 87, acho que o custo-benefício é bom.

A cobertura, para minha preferência, é a ideal no dia a dia. Mas quando a produção é para uma festa ou mais elaborada, eu aplicaria duas camadas. 

Como não faço com tanta frequência uma maquiagem elaborada, o custo-benefício ainda está vantajoso.

Nota: 4/5

Base líquida Revlon ColorStay: é boa?

Sim! Eu realmente acho bastante complicado encontrar uma base que atenda às minhas especificidades de pele e expectativas. Apesar de a cobertura ter sido mais leve do que eu esperava, achei bem adequada para o uso diário e a duração foi muito boa.

Quanto ao produto, como consumidora, eu fiquei bem satisfeita. Lembrando que cada pele pode reagir de formas diferentes, mesmo com características parecidas.

Minha única ressalva continua sendo com os canais de comunicação da marca e dos fornecedores. A composição do produto deixa dúvidas quanto a sua segurança para pessoas celíacas, por exemplo. 

Como essa relação é bem importante para mim, foi um ponto que marco como negativo.

Como passar base com pincel kabuki?

Eu gosto muito do pincel kabuki para base. Ele é aquele com base chata e formato arredondado. Há versões duofiber e outros com fibra única, que são, geralmente, mais durinhos e com cerdas mais curtas.

O meu é esse segundo tipo. 

Como o formato redondo demanda que a base seja depositada com batidinhas e menos movimentos de “arrastar” na pele, aquelas linhas marcadas ficam mais suaves.

Dá para aplicar o produto na mão e molhar o pincel aos poucos, ou fazer pontos da base diretamente no rosto, espalhando o produto.

Quando é uma versão matte, eu prefiro aplicar no rosto, pois a tendência é que, na mão, a base seque rapidamente e não possa ser aproveitada.

Por isso, coloco a base mais concentrada na região da testa, bochechas e nariz, e vou distribuindo pela face com a ajuda do pincel.

Evito fazer os movimentos de arrastar as cerdas pela pele, preferindo sempre batidinhas para que o produto fique bem aderido à pele. Isso faz, inclusive, ele durar mais ao longo do dia!

Quando toda a face estiver bem uniformizada, dá para esperar uns minutinhos e ver a necessidade de uma segunda camada. Se precisar, o processo é o mesmo.

Lembre-se que orelhas e pescoço precisam de um pouquinho de base também, assim, não fica aquela aparência de máscara no rosto.


A base não precisa ser um problema! Conhecer a própria pele, testar os produtos e descobrir técnicas que ajudem a melhorar os efeitos de cada item fazem toda a diferença na hora de preparar a pele.

Gostou da resenha da base líquida Revlon Colorstay ou já testou o produto? Conta pra gente o que achou!


Ana Luiza: Redatora do Bleeza e adoro falar sobre produtos e acessórios de maquiagem. Para o uso diário ou uma produção completa, gosto dos que são versáteis e atendem às diferentes situações. Na hora de testar e escolher, o posicionamento da marca, a facilidade em encontrar e a clareza de informações fazem a diferença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *