A Ruby Rose é uma empresa que atua há nada menos do que 40 anos no mercado da beleza e possui cerca de 500 produtos em seu catálogo, atendendo todo o território nacional.

A marca ficou famosa por ter produtos de maquiagem de qualidade e preço acessível. Atualmente, ela incluiu na sua linha de produtos (que antes eram só maquiagens), diversos produtos de cuidados com a pele.

Em geral, o que mais chama a atenção do público é o preço! Produtos de skincare costumam ser caros, mas a Ruby Rose continua mostrando que é possível criar produtos acessíveis com a mesma proposta.

Falaremos nesta resenha sobre a água termal desenvolvida pela marca, produto que é um dos queridinhos principalmente nos dias mais quentes, pois promete refrescar a pele e fazer a maquiagem durar mais tempo. 

O que é?

A água termal Ruby Rose é uma água mineralizada em spray, que ajuda a repor os sais minerais da pele, que se perdem ao longo do dia. Por ter o pH neutro e não agredir a derme, é indicada para todos os tipos de pele.

O produto é cruelty free (não testado em animais) e possui duas versões: sem fragrância e coco, em embalagem de 150mL. 

Composição

Os ingredientes que compõem o produto são:

Água, nitrogênio e fragrância. Minerais: Zinco (0,935), Magnésio (0,038) e Sódio (11,520). 


Para que serve

Segundo a marca, a água termal da Ruby Rose foi desenvolvida com o objetivo de hidratar, suavizar, acalmar a pele e deixá-la radiante.

Com o uso contínuo, ela promete ajudar a suavizar as linhas finas, minimizar os poros e proporcionar luminosidade à pele, além de repor os minerais. Ao ser aplicada, proporciona uma sensação refrescante.

Além disso, ela ajuda a fixar a maquiagem e deixá-la com aspecto mais natural, devolvendo o viço da pele, tirando o aspecto de pele opaca, parecendo que estamos com quilos de maquiagem.

Como usar

A recomendação da Ruby Rose é agitar o produto, borrifar a água termal em todo o rosto, com uma distância de no mínimo 15cm, e aguardar a completa absorção para um melhor resultado. 

Ela pode ser usada com a pele limpa, após o sabonete facial e antes do creme hidratante, ou depois da aplicação da maquiagem como spray finalizador.

Não é necessário enxaguar ou secar a pele, pois o produto é rapidamente absorvido. 

Precauções: Uso externo. Manter fora do alcance de crianças. Aplicar somente nas áreas indicadas. Uso não recomendado para pessoas sensíveis a qualquer ingrediente da formulação. Manter protegido da luz solar direta em lugar fresco e arejado.

Preço e onde comprar

A água termal da Ruby Rose pode ser comprada no próprio site da marca, em lojas de cosméticos, e em algumas perfumarias e farmácias físicas e online. O preço varia em torno de R$ 10 e R$ 23.

No Consulta Remédios você pode comprar o produto ou fazer uma busca pelos locais de venda e preço médio!

Minhas impressões

Tenho o produto há um bom tempo e já foi possível tirar minhas conclusões sobre ele, vamos lá então:

Cheiro

A versão que eu tenho é com a fragrância de coco. Eu particularmente não gosto de cheiros doces e achei ela muito doce. Muito mesmo. O cheiro é bastante enjoativo e persiste por algum tempo após a aplicação.

Quem gosta de produtos perfumados provavelmente irá gostar. Mas, na minha opinião, não faz muito sentido acrescentar um perfume produzido industrialmente em uma água termal.

Nota: 2/5

Sensação na pele e absorção

A sensação na pele também foi algo que me incomodou um pouco. Por ter a pele seca, gosto das águas termais que de fato molham a superfície da derme, para dar a sensação de que realmente estão repondo a água perdida ao longo do dia.

O produto da Ruby Rose, quando aplicado, faz uma espécie de névoa bem fina que é difícil de sentir na pele. Para sentir o produto, preciso ficar algum tempo pressionando o borrifador em direção ao rosto.

Quando o líquido entra em contato com a pele, deixa uma sensação de efervescência, como se pequenas bolhas se dissolvessem.

Nota: 3/5

Durabilidade

No quesito durabilidade ela é muito boa. Como sai pouco produto no borrifador e faz uma névoa fina, ele acaba rendendo mais e durando por mais tempo que a maioria das outras águas termais.

Nota: 4/5

Embalagem

A embalagem do produto é a clássica versão em alumínio com o borrifador em material plástico. A parte boa é que esse tipo de embalagem ajuda a manter a eficácia do produto, pois protege os ingredientes do contato externo.

A parte ruim é que o descarte dela não é como os demais materiais recicláveis. Por ser inflamável, é necessário encaminhar para cooperativas específicas que tratam esse tipo de resíduo.

Nota: 3/5

Custo benefício

Esse é um dos tópicos que merece maior destaque pois a maioria das águas termais costumam ser bem caras. 

Assim como as demais, a da Ruby Rose possui sais minerais e ainda assim custa muito menos do que as concorrentes.

Além do preço ser bom, como mencionamos no tópico durabilidade, ela dura bastante. Portanto, ponto para ela! 

Nota: 5/5

Dá para usar depois da maquiagem?

Sim! Como a grande maioria das águas termais, ela pode ser utilizadas depois de finalizar a make sem danificá-la, devolvendo o brilho e a luminosidade à pele.

Além disso, a marca afirma que ela é eficaz em prolongar a duração da maquiagem ao longo do dia. Ela pode ser reaplicada conforme a necessidade da pele.

Água Termal Ruby Rose dá espinhas?

Talvez. Algumas pessoas relataram o aparecimento de espinhas após o uso do produto, inclusive, constam relatos no site da marca e em sites de reclamações do(a) consumidor(a).

No meu caso, posso afirmar que não apareceram espinhas em mim após o uso. Isso pode variar de pessoa para pessoa, e a própria marca indica na embalagem que em caso de qualquer reação adversa é recomendado suspender o uso.

Fui averiguar os ingredientes mais a fundo e descobri que, diferente das outras águas termais, a da Ruby Rose é criada em laboratório. Ou seja, tanto os minerais quanto a fragrância (na versão coco) são inseridos na composição do produto.

Isso quer dizer que a água não é necessariamente proveniente de fontes termais, que contêm naturalmente os sais minerais. Neste caso, a marca pode utilizar água comum e, posteriormente, inserir os sais minerais em laboratório. 

Dito isso, passa a fazer sentido o aparecimento de espinhas em peles mais sensíveis, já que os ingredientes não são naturais e sim formulados em laboratórios.

Para confirmar, verifiquei os componentes em um site de análise de formulação de cosméticos e ele indicou que a fragrância e o zinco são ingredientes com possibilidade causar danos à pele em longo prazo.

Água termal Ruby Rose funciona? É boa?

A água termal da Ruby Rose funciona no quesito hidratação e fixação da maquiagem, apesar de o efeito ser pouco perceptível. 

Na minha opinião, ela é boa, mas não chega nem perto das outras que eu utilizo como a da Caudalie, por exemplo. Claro que a comparação é injusta, pois o processo de fabricação e ingredientes de ambas são bastante diferentes. 

Quando penso em custo benefício e efeito final do produto, ela é boa, mas se comparar com as concorrentes, já não acho tanto assim. Se eu fosse comprar novamente, eu escolheria a versão sem perfume.


A água termal é um produto que traz muitos benefícios para a pele e vale à pena incluí-lo na rotina de cuidados. O mais legal é que o mercado da beleza conta com produtos para todos os bolsos.

Gostou da resenha? Se você já usou a água termal da Ruby Rose, conte para nós a sua experiência. E continue acompanhando o Bleeza para não perder nosso conteúdo sobre beleza e resenhas.

Fontes consultadas


Bleeza: Somos um time de especialistas em conteúdo digital, apaixonado por produtos de beleza! Escrevemos resenhas completas com informações técnicas e análises individuais das experiências de uso de cada produto. Acreditamos na beleza compartilhada e no consumo consciente ❤

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *